quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Distrito de Bragança já tem 500 metros de auto-estrada

Ao fim de vários anos, o distrito de Bragança já tem alguns metros de auto-estrada transitáveis.
Apesar de ainda não estar oficialmente aberto ao trânsito, o nó da Amendoeira, em Macedo de Cavaleiros, já permite a passagem de veículos pelo menos numa das faixas de rodagem. E brevemente está prevista a abertura do troço circundante a Bragança, com cerca de nove quilómetros portajados, que constituem alternativa aos 13 quilómetros necessários pelo IP4.
A partir do momento em que abra ao trânsito, este troço vai exigir o pagamento de 0,65 euros aos automóveis ligeiros e 1,65 aos pesados.
Para já, segundo fonte da concessionária, a Auto-estradas XXI, o tráfego no IP4 tem diminuído “essencialmente por dois factores, as obras e a crise”.
Muitos são aqueles que para viajar até ao litoral optam por seguir via Espanha, pela auto-estrada das Rias Baixas, que liga Madrid a Vigo.
A mesma fonte admite, no entanto, que essa quebra tem sido compensada pelo tráfego gerado pelas próprias obras e pelos mais de dois mil trabalhadores em movimento.
A mão-de-obras também tem sido reforçada, “sobretudo agora em trabalhos de acabamentos”, como a sinalização, pinturas ou iluminação.
E a partir de Setembro também serão suprimidos os três desvios actuais (Rossas, Romeu e Murça), que serão, no entanto, substituídos por outros três, um deles na zona do Franco, já em Vila Real. 
Também o troço na zona de Sabrosa será aberto brevemente. Depois disso só em Novembro é previsível nova abertura este ano, entre Lamares e Mirandela Norte. Os restantes devem ficar prontos em 2013.

in:jornalnordeste.com

Sem comentários: