segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Rolando encosta abaixo

Pela segunda vez este Verão, os carrinhos rolaram encosta abaixo em Vila Boa, Vinhais.
Cerca de duas dezenas de autênticas preciosidades juntaram-se num convívio que pretende fomentar a amizade.
Modelos, há-os para todos os gostos. Desde os mais artesanais, com uma tarde de trabalho, com pouco mais de quatro rodas, um volante e um assento, aos mais perfeccionistas, que até exibem espelhos retrovisores. Mário de Jesus, por exemplo, já investiu “mais de 200 horas de trabalho e 400 euros de material” no seu carro, que exibe com orgulho.
Já Manuel Pires, um dos entusiastas da organização, tem três modelos só à sua conta. Todos com marca Renault. “Começou como uma brincadeira, quando o INATEL organizou a primeira descida em Bragança”, conta. Desde então, e só num dos modelos, tem mais de 300 horas de trabalho para afinar todos os pormenores, qual engenheiro de F1.
Mecânico na Renault, em Bragança, Manuel Pires já contagiou os colegas. “Só na oficina temos uns 18 carros”, conta, orgulhoso do trabalho feito.

in:jornalnordeste.com

Sem comentários: