sábado, 14 de abril de 2012

Freguesia de Vale de Janeiro

Vale de Janeiro fica situada na parte sudoeste do concelho de Vinhais, a dezoito quilómetros da freguesia-sede. O povoamento inicial da freguesia está representado pelo Castelo de Vale de Janeiro, situado na área da Nossa Senhora da Saúde. 
Este sítio arqueológico data da Idade do Ferro e situa-se numa crista quartzítica sobranceira à sede da freguesia, um local com excelentes condições de defesa naturais e com uma posição geo-estratégica mujito boa. Apesar da construção do Santuário de Nossa Senhora da Saúde, ainda é possível detectar materiais da Idade do Ferro, como fragmentos cerâmicos. O sistema defensivo era composto por um fosso no sector norte e, na restante área em redor do recinto interior, por uma muralha, cuja pedra ainda hoje é visível no local. 
Do mesmo período era o povoado fortificado do Castro Mau, na zona das Fragas Amarelas, na margem direita do rio Tuela. Situava-se num promontório quartzítico sobranceiro àquele rio. O sistema defensivo era composto por uma linha de muralha que protegia todo o sector norte. 
Os restantes sectores eram protegidos pelas altas falésias que caem sobre o rio e que tornam o acesso muito difícil. Não foram detectados vestígios cerâmicos. Nos inícios da Nacionalidade, Vale de Janeiro foi sede de uma tenência. As tenências eram uma das três divisões do feudo, era de uso dos servos para a sua agricultura de subsistência. No caso de Vale de Janeiro, a sua jurisdição estendia-se por um vasto território, entre os concelhos de Monforte e Bragança. 
Ao contrário do mais lógico, a sede da circunscrição ficava em Vale de Janeiro, que se encontra precisamente num dos seus extremos e não no centro. Daí que, progressivamente, Vinhais tenha vindo a substituir Vale de Janeiro como povoação mais importante da região. Em termos de património edificado, a actual Igreja Paroquial substitui uma outra que existiu no mesmo local. O primitivo templo, segundo Pinho Leal, teria uma forma acastelada, semelhante à Flor da Rosa, no Crato, e seria de origem medieval. O actual templo, consagrado a Nossa Senhora da Assunção, data de 1772. É um templo muito simples, com fachada a terminar em empena truncada por sineira de dois sinos. 
A Capela de Nossa Senhora da Saúde, na sede da freguesia, e a Capela de S. Justo, em Maçaira, são outros dos templos de interesse histórico e arquitectónico. Segundo parecer emitido pela Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses, a ordenação heráldica da freguesia é a seguinte: Brasão: escudo de prata, vale de verde, firmados nos flancos e na ponta; em chefe, rosa heráldica de vermelho, botoada de ouro e apontada de verde. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com legenda a negro: “VALE DE JANEIRO”. Bandeira: verde. Cordão e borlas de prata e verde. Haste e lança de ouro; Selo: nos termos da Lei, com a legenda: “Junta de Freguesia de Vale de Janeiro – Vinhais”.

Área: 1442 ha
População: 148 habitantes
Património cultural edificado: Moinhos de Água no e Castro- Rio Tuela, Igreja Paroquial, Capelas de Nossa Senhora da Saúde, de S. Justo
Festas e Romarias: Festas de Nossa Senhora da Saúde no último Fim-de-semana de Agosto, de Nossa Senhora da Assunção a 15 de Agosto, de S. Justo a 16 de Agosto
Gastronomia: Cozido à Transmontana, Cabrito, Cordeiro, Presunto, Enchidos, Leitão Assado no Forno, Folar da Páscoa
Locais de lazer: Polidesportivo
Artesanato: Rendas, Bilrros
Orago: Nossa Senhora da Assunção
Principais actividades económicas: Agricultura, Pecuária, Vinho - "O Souto", Floresta, Sobreiros (Cortiça)
Colectividades: Associação de Caça e Pesca, Associação Solidariedade Social Cultural


in:http:retratoserecantos.pt

2 comentários:

Anónimo disse...

Como podes verificar, Vale de Janeiro ´e uma aldeia com muita pinta, muita história e uma magnífica paisagem. Além disso tem boa vinho. Mas acima de tudo é a minha terra.

Kwacha

Hengerinaques disse...

A parte que me agradou mais, no teu comentário, foi a do "bom vinho"...só provando poderei concordar contigo :-)
Grande abraço companheiro!