segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Chuva não impediu caminhada micológica em Alfandega da Fé

Cerca de meia centena de pessoas percorreram a Rota de Alvazinhos em Alfândega da fé, numa caminhada micológica, no passado sábado.
A iniciativa teve como objectivo sensibilizar as pessoas para o perigo de apanhar cogumelos venenosos que facilmente se confundem com espécies comestíveis. “Além da caminhada conseguimos apanhar alguns cogumelos e identifica-los, sensibilizar as pessoas do cogumelo que devem apanhar para comer e daquele que não devem.
É difícil conseguir desmistificar os mitos que andam à volta dos cogumelos mas vamos tentando”, explica o presidente da associação micológica A PANTORRA, Manuel Moredo.
O município quer rentabilizar e valorizar o sector, visto que é um produto rico na região e pouco aproveitado. “Vamos começar a apostar agora com uma estratégia mais definida.
O objectivo deste percurso pedestre foi precisamente sensibilizar as pessoas não só para terem cuidado na apanha do cogumelo mas essencialmente para a riqueza que é este recurso e que está subaproveitado”, refere a responsável pelo gabinete de apoio à presidência, Ana Duque.
E a chuva não serviu de travão às 50 pessoas, que percorreram 14 quilómetros apanhando e identificando as diferentes espécies de cogumelos.
A apanha destes fungos, quer para consumo alimentar, quer para venda, é uma prática que tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos no concelho de Alfandega da fé.


Escrito por Brigantia


Sem comentários: