sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Adérito Gomes na corrida à Misericórdia de Mirandela

Já é conhecida a segunda lista candidata aos órgãos sociais da Santa Casa de Misericórdia de Mirandela.
É Adérito Gomes que vai avançar na corrida a provedor, definindo como uma das prioridades a regularização das prestações em atraso dos funcionários. 
O professor aposentado e ex-director do conselho executivo da escola secundária de Mirandela clarifica que conta com verbas provenientes de um acordo de saneamento financeiro para pagar os subsídios correspondentes a este ano. “Já foi aprovada, através do programa de saneamento financeiro das santas casas, uma verba de 500 mil euros, em duas ou três tranches. E, entre outras coisas, vai servir para cobrir os subsídios e férias em atraso dos funcionários”, esclarece.
Para inverter a situação financeira da Santa Casa de Mirandela, que tem uma dívida que ronda os 4 milhões e 700 mil euros, o candidato conta poder rentabilizar os equipamentos da instituição.
Na apresentação da lista, ontem à tarde, Adérito Gomes destacou a disponibilidade de tempo dos candidatos à mesa da assembleia, visto estarem todos reformados. O cabeça de lista garantiu ainda que, caso ganhe as eleições, novas obras só avançarão quando estiver restituída a saúde financeira da instituição.
A lista de Adérito Gomes concorre com a do advogado e vice-presidente da concelhia do PSD, Paulo Sousa, às eleições que acontecem no próximo dia 6 e que contarão com os votos de mais de 800 irmãos da Santa Casa de Misericórdia de Mirandela.

Escrito por Brigantia

Sem comentários: