quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Confraria do Butelo e das Casulas recebida na Câmara de Paris

A pouco mais de um mês de completar quatro anos de atividade, a Confraria do Butelo e da Casula esteve em França para promover os produtos da região, tendo sido mesmo recebida na Câmara de Paris.
Quase três dezenas de confrades fizeram-se à estrada, a expensas próprias, com o objetivo de levar aos franceses um cheirinho do que de melhor se produz no Nordeste Transmontano.
“Efetuados os necessários contactos para que a programação viesse a decorrer de acordo com os objetivos previstos, foi, depois, necessário desenvolver a logística inerente ao transporte dos produtos regionais necessários à realização de um Encontro Gastronómico, Cultural e Recreativo”, explicou o Grão-Mestre, Nuno Pires.
Tendo como referência a Association Franco-Portuguaise de Puteaux, que se disponibilizou para ceder o espaço e confecionar o jantar/convívio, foram enviadas para França, por transporte terrestre, cerca de meia centena de butelos, vinte quilos de casulas, 100 litros de vinho, azeite, batatas, cebolas, chouriças, salpicões, entre outros produtos.
A presença da lusofonia em território francês é sempre motivo de alegria, pelo que o transporte do aeroporto até Paris foi assegurado por taxistas portugueses, emigrados na capital gaulesa.
A estadia revestiu-se, ainda, de cariz cultural, antes da receção por Hermano Sanches Ruivo, um beirão de origem, Conselheiro (vereador) para os Assuntos Europeus, em Paris.
Foi a primeira vez que se recebeu uma organização deste género naquela instituição francesa.
Nuno Pires lançou o desafio de vir a ser organizado num dos Salões Nobres daquele edifício um grande encontro gastronómico, com a apresentação de uma refeição de Butelo e Casula para a elites de Paris, convidando, ainda, o vereador gaulês a visitar o Festival do Butelo e da Casula, em fevereiro, em Bragança.

in:mdb.pt

Sem comentários: