sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Procura-se mão-de-obra em Carrazeda de Ansiães

O Concelho nortenho de Carrazeda de Ansiães precisa de gente para trabalhar na campanhas da maçã, azeite e vinho. Jeira é paga entre 30 a 40 euros, ao dia.

Apesar das filas intermináveis nos centros de emprego de diversos concelhos do país, em Carrazeda o presidente da Câmara oferece trabalho nas campanhas da maçã, do azeite e do vinho. Este concelho produz entre 15 a 20 milhões de euros anuais com a produtividade agrícola.

O presidente quer gente disposta a trabalhar na agricultura, que considera um trabalho tão digno como trabalhar, por exemplo, num escritório.

O pagamento é efectuado ao dia, a valer entre 30 a 40 euros a jeira.

Porto Canal

Sem comentários: