segunda-feira, 28 de setembro de 2015

NERBA explica como aproveitar as oportunidades do 2020

Na passada quinta-feira a Associação Empresarial do Distrito de Bragança –NERBA apresentou no Auditório Municipal de Freixo de Espada à Cinta um ciclo de conferências cujo grande objetivo foi explicar como é que se pode concorrer aos apoios do programa Portugal 2020.

A sessão de abertura ficou a cargo da Presidente do Município, Maria do Céu Quintas, que deixou uma palavra de incentivo para todos os que investem e querem investir no concelho, disponibilizando o município para “apoiar os empresários a nível burocrático”. Maria do Céu expressou a sua esperança que o panorama empresarial em Freixo de Espada à Cinta cresça, trazendo o tão necessário emprego e escoamento dos produtos endógenos.

Durante a sua intervenção a Presidente da Autarquia deixou ainda um alerta para todos os freixenistas, falando da fraca empregabilidade que se vive, e alertando a todos que “está na altura que cada um pense na maneira de se tornar mais empreendedor e criar o seu próprio negócio”, sendo que esta é a altura certa dado todos os apoios que se encontram em vigor, quer pelo Portugal 2020, quer noutros quadros que prevêem apoios para a região do Douro Superior. 

A conferência prosseguiu com a intervenção do Diretor Regional de Agricultura e Pescas do Norte, Manuel Cardoso, que deixou para a plateia números concretos dos apoios de que os empresários de Freixo têm vindo a ser alvo, a título de curiosidade foram em Freixo apoiados 85 projetos nos últimos anos, dos quais 48 jovens agricultores, num investimento para o concelho superior a três milhões de euros.

Manuel Cardoso disse que para além de se investir na terra é crucial investir-se em “empresas de transformação”, isto é, em empresas locais que transformem e comercializem os nossos produtos, deixando dessa forma os ganhos todos em Freixo, e não como acontece até agora que só uma pequena percentagem de lucro dos nossos produtos fica em Freixo. 

Teodoro Pereira, técnico do IAPMEI, apresentou os sistemas de Incentivos às Empresas no âmbito do Portugal 2020, como internacionalizar uma PME e explicou ainda a importância da investigação e do desenvolvimento tecnológico nas empresas. O técnico mostrou-se disponível para acompanhar e orientar individualmente cada empresa que esteja interessada em recorrer aos apoios do 2020. 

Seguiu-se a conferência pelo Serviço de Emprego – IEFP de Torre de Moncorvo, que esclareceu os presentes sobre os Estágios Profissionais, e sobre o Estímulo Emprego, mostrando-se esta entidade também disponível em esclarecer qualquer dúvida aos empresários locais sobre estes dois estímulos ao emprego. 

A sessão terminou com a apresentação de dois projetos que o NERBA tem a decorrer: o Projeto Internacionalização das Terras Altas de Portugal 201572016, que prevê levar lá fora várias empresas do distrito, e o Projeto INOVA PME, que pretende melhorar as empresas. Estes dois projetos estão abertos a todas as empresas do distrito, basta para isso informarem-se junto do NERBA para que possam fazer parte deles.

Portugal 2020 é um acordo de parceria adotado entre Portugal e a Comissão Europeia que reúne cinco Fundos Europeus Estruturais e de Investimento – FEDER, Fundo de Coesão, FSE, FEADER e FEAMP, no qual se definem os princípios de programação que consagram a política de desenvolvimento económico, social e territorial para promover, em Portugal, entre 2014 e 2020.

Para esclarecimentos mais pormenorizados pode contactar o NERBA, ali vai encontrar apoio técnico especializado para os seus projetos. 

NICM de Freixo de Espada à Cinta (Sara Alves)

Sem comentários: