quinta-feira, 31 de março de 2016

“Uma Bondade Perfeita” é o novo livro de Ernesto Rodrigues

O escritor transmontano Ernesto Rodrigues lança hoje o seu mais recente romance.
“Uma Bondade Perfeita”, assim se chama a obra, aborda um tema actual: os refugiados.
O autor revela que a ideia partiu da situação dos refugiados do Afeganistão em 2010.  “Na época eram os refugiados do Afeganistão. A partir daí inventei a história de um psicopata que se serve desses miseráveis, de facto abandonados à sua sorte, para matar um a um a própria família. 
Nesse quadro de dificuldades, de grandes massas de centenas de refugiados entre os quais está uma criança, que ele não sabe se é filho ou não, ele quer vingar-se da mulher que fugiu com esse criança aos dois anos sempre na dúvida se seria seu filho. Ele quer atrair a mulher que dirige uma organização não-governamental de apoio aos refugiados do lado de lá da fronteira, no Paquistão”, explica o escritor. 
Ao sexto romance, o Ernesto Rodrigues aborda a questão dos refugiados que serve como pano de fundo para a história, mas dentro deste cenário surge o drama individual das personagens. “Na capa temos uma refugiada com um filho, mas em fundo está uma mãe com o seu menino, uma pintura do século XVI e portanto o contraste é muito vivo entre a serenidade dessa madona do século XVI e a angústia desta mãe do século XXI. 
É um assunto que sendo da história actual tem depois os dramas, mesmo as tragédias individuais, e sobretudo como certas criaturas, neste caso até alguém que tinha veleidades políticas, exerce a violência doméstica em relação à primeira mulher e depois persegue esta segunda”, afirma. 
A obra “Uma Bondade Perfeita”, o sexto romance de Ernesto Rodrigues, natural de Torre de Dona Chama, Mirandela, é apresentada esta tarde em Lisboa. 

Escrito por Brigantia

Sem comentários: