segunda-feira, 30 de maio de 2016

Expo Trás-os-Montes juntou mostra empresarial e de produtos com debates e seminários

Terminou ontem a 5.ª Expo Trás-os-Montes, que decorreu nos últimos três dias, em Bragança.
O presidente do NERBA, Eduardo Malhão, destacou o impacto das actividades que fizeram parte desta quinta edição do certame.
O presidente do NERBA, Eduardo Malhão, destacou o impacto das actividades que fizeram parte desta quinta edição do certame. “Tivemos um conjunto de iniciativas com muito impacto, tivemos em debate questões que são fundamentais para o futuro da região, premiamos mais de 100 empresas, e tivemos expostas mais de uma centena de empresas com produtos da região”, garante. 
Os produtores e empresários presentes no certame aproveitaram a oportunidade para fazer negócio e estabelecer contactos. Mónica Coutinho refere que se “obtêm alguns contactos, divulga-se a empresa, já vieram aqui potenciais clientes, levaram alguns produtos”. 
Outros dos expositores, Luís Mónico, garante que os seus produtos tiveram “muita adesão a nível nacional, de pessoas que vêm de outras localidades”, e tem vendido. 
A organização estima que cerca de 20 mil pessoas terão passado pela expo Trás-os-Montes, que decorreu no pavilhão do NERBA, em Bragança, nos últimos três dias. No certame foram ainda revelados os resultados da eleição das maravilhas de Trás-os-Montes. O Castelo de Algoso (Vimioso) foi o vencedor na categoria de património histórico e a Fraga da Ola (Carrazeda de Ansiães) foi eleito como maravilha na área do património natural. 

Escrito por Brigantia

Sem comentários: