quinta-feira, 26 de maio de 2016

Júlia Rodrigues uma mirandelense deputada à Assembleia da República

Júlia Rodrigues parece talhada para a política, por ser uma lutadora que espalha simpatia e charme. Fui encontrá-la no Palácio da Independência, com o Salão Nobre da Comissão de História Militar literalmente repleto de altas patentes militares, políticos e outras individualidades para assistirem ao lançamento do livro «A Descolonização da Guiné-Bissau e o Movimento dos Capitães», do escritor, investigador e Capitão do 25 de Abril, Jorge Golias.
Conversámos, a Júlia e eu, como se fôssemos amigos de longa data, tal é franqueza e naturalidade com que falámos os dois. Amigos foram os avós maternos e os pais, distintas e simpáticas pessoas que se afirmaram em Mirandela. A mãe, Luísa M.ª, distinta professora e o pai, o saudoso José Rodrigues, foi dirigente do Sport Clube da Mirandela, Presidente dos Bombeiros Voluntários de Mirandela, autarca (vereador do Município de Mirandela), industrial da restauração (Café Mira) e, depois, como industrial dos enchidos. Estes ainda têm continuidade na família com uma empresa em Mirandela e outra em Vinhais. O tio, João Lima (fomos militares em Chaves e amigos desde esses tempos), tem sido outra boa referência mirandelense, como quadro da Segurança Social e autarca, tendo sido, também, presidente da Junta de Freguesia de Mirandela e da Assembleia Municipal de Mirandela, também da assembleia Municipal de Carrazeda de Ansiães, dirigente dos Bombeiros Voluntários de Mirandela e Inspector Regional.

A Júlia, nascida em 23 de Novembro de 1971 (Dia da Árvore Autóctone) é médica veterinária, prestes a concluir o doutoramento com tese em Políticas de Qualidade Alimentar, fruto de trabalho académico realizado na Universidade de Santiago de Compostela e na UTAD. É quadro superior do Ministério da Agricultura e parece ser na política que completa a sua realização pelo trabalho desenvolvido como quadro distrital do PS. É a primeira mulher mirandelense a ser deputada à Assembleia da República, pelo distrito de Bragança. Encara o lugar de deputada com muita responsabilidade e orgulho por ser a única representante do Partido Socialista pelo círculo de Bragança. Considera este mandato como um grande desafio e ali já recebeu os alunos de Mirandela na Assembleia da República (em São Bento).

Com o Túnel do Marão quase concluído Júlia Rodrigues diz que vai haver menos interioridade, mais mobilidade dos residentes e dos que nos visitam, desenvolvendo-se mais o turismo cultural e ambiental. Desejo à Júlia o melhor desempenho como deputada para bem da nossa terra, da nossa gente e da nossa região.

Jorge Lage
in:atelier.arteazul.net

Sem comentários: