segunda-feira, 30 de maio de 2016

Ministro da Economia incita a aposta no turismo no interior do país

O Ministro da Economia apelou a que se aposte no turismo no interior do país. No encerramento do fórum de empreendedorismo e coesão territorial referiu que há fundos que podem ajudar a melhorar o sector para que os turistas não fiquem apenas no litoral e nos destinos mais conhecidos.
Manuel Caldeira Cabral afirmou estar apostado em promover numa estratégia de desconcentração territorial do turismo no país, fazendo com que os turistas que escolhem Portugal visitem também o interior do país: “A desconcentração e criar mais oportunidades no interior do país de projectos diferenciadores são uma parte importante da nossa estratégia. 
Queremos que os empresários locais adiram a estas iniciativas e para isso que têm fundos de financiamento de investimento e apoios de divulgação do Turismo de Portugal, que não fique apenas pelas grandes cidades e pelo sol e praia e que tenham oportunidade de visitar o interior do país”, refere. 
Um dos temas debatidos no fórum que reuniu as 9 entidades signatárias da carta de compromisso foram os fundos comunitários. 
Orlando Rodrigues, do Observatório Económico e Social Terras de Trás-os-Montes, refere que a distribuição de verbas está a pender para o litoral porque o quadro comunitário de apoio não está adaptado às necessidades das empresas do interior. 
Outra das questões levantadas foi a necessidade de criar medidas de discriminação positiva para as regiões de baixa densidade, nomeadamente a nível da fiscalidade. 
O ministro da economia prometeu analisar ambas as situações. “Verificámos e ficamos preocupados com isso é que a execução deste novo quadro está a criar desigualdades muito grandes. 
O quadro é muito voltado para as empresas mas pouco adapatado às nossas empresas, e estas não estão a ter capacidade de se candidatarem aos financiamentos e as maiores empresas, nomeadamente da área metropolitana do Porto, estão a levar a grande fatia”, considera o também vice-presidente do IPB. “São situações para as quais estamos a olhar, a Unidade de Missão para a Valorização do Interior está a ouvir autarcas e associações empresariais para que sejamos parte da solução dos problemas concretos desta região ”, garantiu. 
O fórum do empreendedorismo e coesão territorial decorreu sexta-feira, integrado no programa da Expo Trás-os-Montes que terminou ontem, em Bragança. 

Escrito por Brigantia

Sem comentários: