quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Bombeiros de Izeda promovem campanha para comprar desfibrilhador

Os bombeiros voluntários de Izeda, no concelho de Bragança, estão a realizar uma campanha de angariação de fundos com o objectivo de comprar um desfibrilhador para equipar uma das ambulâncias de socorro.
Actualmente a corporação dispõe apenas de um destes equipamentos na ambulância que foi colocada pelo INEM na corporação.

A campanha consiste na venda, por telefone, de um relógio de parede.

“Contratamos uma empresa que faz este tipo de campanhas através de chamadas telefónicas. Vendem um relógio de parede em que uma parte é destinada à associação humanitária e para aquisição do desfibrilhador. Só temos um e queremos equipar a outra ambulância com ouro equipamento”, esclarece o comandante dos Bombeiros Voluntário de Izeda, Óscar Esménio.

O equipamento é usado sempre que é necessário assistir alguém em paragem cardiorrespiratória e é mesmo obrigatório nas ambulâncias de socorro.

“O mais caricato é que todas as ambulâncias são obrigadas a ter o desfibrilhador, as associações humanitárias é que não têm condições para adquirir para estas ambulâncias que não são tao recentes o equipamento, por isso temos de recorrer a este tipo de campanhas de angariação”, diz Óscar Esménio, referindo que podem mesmo ser multados “pelo INEM” e que a ambulância aio passa na vistoria sem o equipamento.

A campanha chegou a ser confundida com uma burla por algumas das pessoas contactadas, e foram muitas as chamadas para o quartel, mas o comandante dos bombeiros esclarece que se trata de uma campanha legítima e apela à participação de todos.

“Há muitas burlas e quando alguém vende qualquer coisa em nomes dos bombeiros as pessoas desconfiam”, reconhece, mas entende que, por ser diferente, esta será uma forma eficaz de conseguir reunir os 4 mil euros que a máquina custa.

Até ao momento já foram angariados 400 euros pelos bombeiros de Izeda, o objectivo são 4 mil para comprar o desfibrilhador necessário. 

Escrito por Brigantia
Olga Telo Cordeiro

Sem comentários: