quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Estudo revela hábitos pouco saudáveis de estudantes do distrito de Bragança

Um estudo da Unidade Local de Saúde do Nordeste revelou alguns hábitos de saúde nocivos praticados pelos alunos do distrito de Bragança. Alguns dos dados apresentados indicam que mais de 70% dos alunos do ensino secundário do distrito de Bragança bebem álcool e alunos do sétimo ano admitem fumar regularmente.
72% dos alunos do ensino secundário do distrito de Bragança ingerem bebidas alcoólicas, sendo que 16 por cento consideram a prática fundamental para se divertirem.

No que diz respeito a alunos mais novos, que frequentam o 7.º ano, o consumo de bebidas alcoólicas é admitido por 12% dos alunos. Já fumar é um habitual para 4% dos inquiridos, dos quais 26% o fazem diariamente.

O estudo sobre os hábitos saudáveis da comunidade escolar revela que apesar de estarem informados em relação aos malefícios, alguns alunos consideram o tabaco calmante e o consumo de drogas uma forma de se divertirem mais.

O estudo divulgado abrangeu estudantes dos 5.º, 7.º, 10.º e 12.º anos, inquiridos pela equipa de Saúde Escolar da ULS Nordeste para fazer um diagnóstico dos comportamentos com implicações na saúde dos alunos das escolas do distrito.

No que diz respeito à sexualidade, o estudo mostra que 87% dos inquiridos do 10 e 12.º anos reconhecem ter conhecimento que o método mais eficaz para prevenir as doenças sexualmente transmissíveis é o preservativo, mas ainda há 10% que acham que a pílula tem a mesma função. Relativamente aos hábitos nesta área,  verifica-se que apesar de a maioria se proteger nas relações sexuais, 30% dos jovens admite que não utiliza proteção para prevenir as doenças sexualmente transmissíveis, de forma contínua.

Esta avaliação foi levada a cabo no âmbito do Programa Nacional de Promoção da Saúde Escolar, e vai permitir à ULS Nordeste direccionar as acções de sensibilização e de promoção da saúde, para incentivar as crianças e jovens do distrito de Bragança a adoptarem hábitos mais saudáveis. 

Escrito por Brigantia

Sem comentários: