segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Politécnico festeja mais um Dia do Instituto

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, e ministro da Educação, Cultura e Ciência de São Tomé e Príncipe, Olinto Daio, estiverem em Bragança por ocasião do Dia do IPB.
O instituto Politécnico de Bragança (IPB) completou na passada sexta-feira, dia 27 de janeiro, 34 anos de existência. Na abertura da Sessão Solene de comemoração do Dia do IPB, marcaram presença várias entidades, entre as quais, o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, o ministro da Educação, Cultura e Ciência de São Tomé e Príncipe, Olinto Daio, o presidente do Politécnico e o autarca brigantino, Hernâni Dias.

Com cerca de sete mil alunos, dos quais mais de 20 por cento (%) são estrangeiros, o IPB é uma das instituições de ensino superior que mais promove a mobilidade académica em Portugal, tendo formado, até à presente data, mais de 30 mil diplomados, integrando o corpo docente do ensino superior politécnico mais qualificado de Portugal, em que mais de 72% são doutorados.

Quanto à presença do ministro de São Tomé e Príncipe, o presidente do IPB fez questão de salientar que “nós devemos muito a São Tomé”. “Foi, de facto, devido a essa ligação que temos e a todos os horizontes que nos abriu a cooperação com África que nós hoje somos a única instituição portuguesa que tem um Mestrado em Agricultura Tropical”, salientou Sobrinho Teixeira, acrescentando que “o protocolo com S. Tomé já é um protocolo entre instituições irmãs”.

Do programa da comemoração do Dia do Instituto constou, ainda, a entrega de Medalha de Honra do IPB a José Luís Pinheiro, antigo Presidente da Câmara Municipal de Bragança, pelo seu envolvimento no processo de instalação do IPB, e à Universidade de São Tomé e Príncipe. “A razão da medalha à Universidade de S. Tomé é pelos horizontes que nos abriu e por ter permitido ao IPB afirmar-se no seio da lusofonia e a nível internacional”, referindo-se, também, ao protocolo celebrado com a Suíça que, apesar de só “ainda estar no início”, irá “permitir uma aproximação à diáspora portuguesa e transmontana”.

Também o ministro da Educação, Cultura e Ciência de São Tomé e Príncipe salientou o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido em parceria com o IPB desde 2010. “Nesta cooperação, nós queremos melhorar o nosso sistema científico nacional e garantir uma educação de qualidade aos nossos estudantes”, testemunhou Olinto Daio, recordando que são cerca de 120 os alunos do IPB oriundos de São Tomé e Príncipe.

Já uma personalidade assídua, nomeadamente, em atividades ou iniciativas levadas a cabo pelo IPB, mesmo, ainda, antes de ser ministro, Manuel Heitor mostrou-se satisfeito com mais esta vinda a Bragança. “Já é uma presença habitual vir aqui ao IPB. A novidade hoje é que temos o ministro de São Tomé e Príncipe e, portanto, acabei de ter uma reunião com ele, para nós alavancarmos, certamente com o Politécnico de Bragança, uma nova fase na relação e na cooperação científica e tecnológica entre Portugal e S. Tomé”, começou por declarar o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, ainda antes da Sessão Solene ter início.  

Outra das mensagens, desta feita, deixada pelo presidente da Câmara Municipal de Bragança, frisou a entrega da terceira residência de estudantes ao IPB. “Vamos entregar, brevemente, a terceira residência de estudantes ao Instituto Politécnico, para que se possam continuar a receber, e bem, os alunos que chegam de fora”, garantiu Hernâni Dias, destacando, ainda, que “uma boa educação acessível a todos é o melhor investimento que a sociedade pode fazer”. “E é por este motivo que o Município de Bragança atribui bolsas de estudo aos alunos brigantinos que frequentem o ensino superior”, concluiu o edil brigantino.

Reunião no Salão Nobre do município brigantino antecedeu comemoração do Dia do IPB

A parceria e ligação já existentes, o setor da educação, o turismo, a sustentabilidade e cidades inteligentes, como Bragança, estes foram, apenas, alguns dos assuntos abordados pelo presidente da Câmara Municipal de Bragança, Hernâni Dias, durante a receção ao ministro da Educação, Cultura e Ciência de São Tomé e Príncipe, Olinto Daio, que decorreu no dia 27 de janeiro, no Salão Nobre do município de Bragança.

Acompanhado pelo Reitor e pelo Pró-Reitor da Universidade de São Tomé e Príncipe e pelo Embaixador de São Tomé e Príncipe em Portugal, o ministro da Educação, Cultura e Ciência de São Tomé e Príncipe esteve em Bragança a propósito da comemoração dos 34 anos do Instituto Politécnico de Bragança.

Recorde-se que Bragança e a Câmara Distrital de Água Grande, em São Tomé e Príncipe, são geminadas desde o ano de 2009.

Bruno Mateus Filena
in:diariodetrasosmontes.com

Sem comentários: