segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Todos os caminhos vieram dar a Macedo de Cavaleiros

Todos os caminhos vieram dar a Macedo de Cavaleiros. 4 dias de Caça e Turismo e de grande dinâmica económica no concelho.
De quinta-feira a domingo, neste fim do mês de janeiro, Macedo de Cavaleiros recebeu a XXI Feira da Caça e Turismo. Ao fim de 4 dias, e com um número estimado de 28 mil visitantes, o Presidente da Câmara Municipal mostra-se satisfeito com os resultados obtidos.

“Sobretudo por toda a dinâmica que este evento gera na cidade e também no concelho. A visita de tantas pessoas, que embora tenham como mote a Feira, acaba por gerar um impacto no seu exterior, claro está, na hotelaria e restauração”, diz. Algo que, acrescenta, “vem refletir-se depois em todo o tecido comercial, pois na economia local ao ganharem uns primeiro, também outros negócios ganham depois, ou até já ganharam antes, com a necessidade de os estabelecimentos estarem melhor apetrechados para receberem os seus clientes.”

Para o autarca o “número de visitantes é muito positivo, deixa-nos satisfeitos, claro. São valores que se enquadram na média registada noutros anos e que se reflete não só no sucesso da Feira, como também na dinâmica económica gerada no tecido comercial, um dos grandes objetivos da Câmara Municipal na organização de eventos desta envergadura.”

Com perto de 160 expositores no certame, muitos deles de origem exterior ao concelho, são muitos os que pernoitam em Macedo de Cavaleiros, tal como caçadores e outros representantes institucionais. As unidades hoteleiras em grande parte do concelho, principalmente as mais próximas da cidade, acabam por não conseguir responder às necessidades. O número de expositores é também considerado “normal”, pelo espaço afeto à Feira. “O espaço coberto da Feira é este. São 6000 m2 de área coberta, podia ser maior, podíamos até ter mais expositores – são rejeitadas 1/3 das inscrições – mal tal poderia significar a perda de alguns fatores distintivos desta para as outras feiras. Talvez se perdesse o carácter familiar e acolhedor tão vincado neste evento, entre organização, expositores e visitantes, que não se encontra em um qualquer outro evento”, justificou.

Duarte Moreno reconhece que “na base do sucesso” está o envolvimento e a “parceria com a Federação dos Caçadores da 1ª Região Cinegética, as diferentes associações e pessoas que nos ajudam no extraordinário programa, na qualidade dos expositores e na confiança e exigência daqueles que nos visitam. É de todos.”

Finda a Feira da Caça e Turismo, Macedo de Cavaleiros prepara-se para mais um dos eventos de cartaz no concelho: o Entrudo Chocalheiro. De 25 a 28 de fevereiro, o Carnaval mais Genuíno de Portugal voltará a motivar a visita de milhares de pessoas ao concelho.

Nota de Imprensa - CM Macedo de Cavaleiros

Sem comentários: