quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Alfândega da Fé volta a liderar o Índice de Transparência Municipal, este ano com pontuação máxima

Já se tornou num hábito anual. Alfândega da Fé voltou a ser a autarquia mais transparente do país. O município nordestino atingiu, pela primeira vez, a pontuação máxima de 100 pontos do Índice de Transparência Municipal.
A ordenação do índice de transparência é feito com base na disponibilização via online de uma série de indicadores considerados de interesse público na fiscalização do trabalho das autarquias.

O Índice de Transparência Municipal é composto por 76 indicadores agrupados em sete dimensões: Informação sobre a Organização, Composição Social e Funcionamento do Município; Planos e Relatórios; Impostos, Taxas, Tarifas, Preços e Regulamentos; Relação com a Sociedade; Contratação Pública; Transparência Económico-Financeira; Transparência na área do Urbanismo.

É um ranking que tem vindo a ser realizado nos últimos anos, notando-se uma média geral de melhoria, ficando a maioria das as câmaras municipais do país acima dos 50 pontos numa escala de 0 a 100. 

Mas Alfândega da Fé sempre se destacou neste índice, alcançando este ano a pontuação máxima da escala.

Os municípios mais transparentes do país são Alfândega da Fé, Carregal do Sal, Águeda, Arcos de Valdevez e Vila Nova de Cerveira; na posição oposta e classificados como menos transparentes estão os municípios de São Vicente, Fornos de Algodres, Calheta, Corvo e Penela.

in:noticiasdonordeste.pt

Sem comentários: