terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

João Hortelão

Ou da Horta, como lhe chama O Ano Histórico. Natural de Valverde, concelho de Alfândega da Fé. Morto seu pai em Ledesma, serviu na sua juventude de pastor de gado, na respectiva terra natal, e a fim de ouvir missa, de que era grandemente devoto, passava em barca o rio Sabor, indo assim a ela à igreja de Zacarias, tendo para isso de deixar o gado só no campo; e como o amo não gostasse, por temer algum dano dos lobos, pediu ao barqueiro que não o passasse, como fez na primeira ocasião que se lhe apresentou.
Vendo isto, o servo de Deus, confiado na omnipotência divina, estendeu a sua capa sobre o rio, dando-lhe assim passagem para a outra banda.
Maravilhados – amo e barqueiro – com tal facto, não mais tolheram tal devoção, segundo diz a lenda.
Professou depois no convento franciscano de Santa Marina, junto ao Douro, perto da Lagoaça, concelho de Freixo de Espada à Cinta, mas no termo de Espanha, mudando o nome de Pascoal, que até ali usara, no de João Hortelão, apelido (ao que parece) do ministério que sempre exerceu.
Diz a lenda que, como frade, deixava os pássaros fechados para que lhe não danificassem a horta enquanto ia assistir às missas, e depois, quando vinha, os soltava, mandando-os ir ganhar a vida.
Do convento de Santa Marina passou para o de Salamanca, onde granjeou esmolas com que mandou edificar a igreja da Anunciada na sua pátria, que é ainda hoje a matriz da freguesia, onde se conserva uma formosa cruz de prata, dádiva sua.
João Hortelão era de notável penitência, constante na oração, sendo visto muitas vezes em êxtase; gozou de ciência infusa e espírito profético, e com fama de santidade faleceu no convento de Salamanca, onde jaz, a 11 de Janeiro de 1499, e não 1500 ou 1501 como se lê nas crónicas, conforme se evidencia do seu epitáfio que diz:

Aqui jaze el padre de sancta memoria
F. João Hortelano, el qual
perseveró en esta religion, y casa
con sancto exemplo de vida, mas
de quarenta años. Fallecio en el
año 1499

Memórias Arqueológico-Históricas do Distrito de Bragança

Sem comentários: