terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Jorge Fidalgo defende mudança de CIM para quatro municípios do distrito de Bragança

O presidente da distrital do PSD, Jorge Fidalgo defende que os municípios do distrito de Bragança que estão na Comunidade Intermunicipal (CIM) do Douro passem a integrar a CIM Terras de Trás-os-Montes. Carrazeda de Ansiães, Freixo de Espada à Cinta e Torre de Moncorvo fazem parte da CIM Douro, com outros 16 municípios, dos distritos de Vila Real, Viseu e Guarda.
As questões administrativas, que não foram alteradas com a reorganização das NUT III, são um dos problemas apontados pelo autarca de Vimioso, “gostava muito que retomássemos ao distrito de bragança, porque eu acho não faz sentido por exemplo a nível de alguns serviços nomeadamente do centro de emprego ou da segurança social estar numa CIM mas depender do centro social de segurança social de outra CIM”, referiu Jorge Fidalgo.

Alcançando ou não mudanças nas CIM, o responsável da distrital do PSD espera ter maioria na Comunidade Intermunicipal (TTM).
Actualmente na CIM há uma equivalência, já que em relação ao número de votos o PS tem mais, com cinco câmaras (Alfândega da Fé, Miranda do Douro, Mogadouro, Vila Flor e Vinhais), no entanto, o PSD representa o maior número de eleitores, já que governa nos municípios mais povoados dos nove que a integram.
Mas com o aproximar das eleições o autarca social-democrata não nega que gostaria que fosse o seu partido a liderar a CIM, o que implicaria conseguir mais câmaras para desfazer o impasse, “porque nas actuais condições não fazia sentido nem os autarcas do PDS nem os autarcas do PS criarem um bloqueio, porque ambos podíamos estar a dizer não mas quando é assim tem de se chegar a um consenso.”
A poucos meses das eleições autárquicas, algumas alterações a serem avaliadas por dirigentes políticos.

Olga Telo Cordeiro
Escrito por Brigantia

Sem comentários: