quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Linha do Douro seria boa alternativa à Beira Alta para ligação a Espanha

Um estudo mandado elaborar pela Infraestruturas de Portugal (IP) aponta a linha do Douro, entre Ermesinde e Barca D'Alva, como alternativa à linha da Beira Alta para fazer a ligação à rede ferroviária espanhola, via Salamanca.
A reabertura desta linha, entre Ermesinde e Barca D'Alva, implicaria um investimento entre os 152 e os 230 milhões de euros. O investimento entre Barca D'Alva-La Fuente de San Esteban situa-se entre os 87 e os 119 milhões de euros.

Apenas o troço entre Ermesinde e Pocinho está em exploração, encontrando-se a restante linha desativada tanto em Portugal como em Espanha.

O mesmo estudo, a que o Mensageiro teve acesso, também analisa a possível modernização do troço Pocinho-Carvalhal na linha do Sabor - atualmente desativada e transformada em ecopista - tendo em vista o escoamento do minério das minas de Moncorvo por comboio, e da linha do Nordeste entre Pocinho e Vila Franca das Naves como alternativa a Barca D'Alva, com vista à circulação de comboios internacionais pela linha do Douro. O interesse turístico da via também é destacado.

Glória Lopes
in:mdb.pt

Sem comentários: