sábado, 25 de fevereiro de 2017

Mil Diabos à Solta em Vinhais

Pelo quarto ano consecutivo, o ancestral, o único, e genuíno ritual que pinta de vermelho as ruas de Vinhais prolonga-se até sábado a seguir ao início da Quaresma, dia 04 de março, com “Mil Diabos à Solta em Vinhais!”.
Foto: Raul Coelho
Trata-se de um evento que iniciará com uma missa de Imposição de Cinzas, na Igreja do Seminário de Vinhais (18h00), seguida de uma procissão “…com Mil Diabos!” que acompanha uma Morte Gigante até à Pedra, local onde as raparigas são julgadas e purificadas.

Durante o trajeto, que acontece ao início da noite, mais de mil diabos capturaram e enjaulam, num carro de bois, as raparigas mais atrevidas que, a partir de varandas e janelas, os desafiam.

Numa grandiosa produção teatral, que se desenrola ao longo da procissão, entre a Igreja do Seminário e o Largo do Arrabalde, serão recriados alguns quadros que permitirão compreender o significado dos Diabos e da Morte de Vinhais: Escadaria da Salvação – São Miguel Arcanjo e os Cavalos do Paraíso; A mansão do Inferno – Deusa de Fogo; os 7 Pecados Mortais; Penitência e Julgamento; Revelação do Rosto da Morte/Fim da Escuridão. Todo o cortejo é acompanhado pelos “percussionistas da Morte” e outras personagens malditas, sob o comando do Mafarrico e do seu Cão.

A encerrar o ritual, as chamas consomem o manto que cobre a Morte Gigante, permitindo à assistência ver o que esconde um véu negro colocado no lugar do rosto, reforçando a ideia de que “Quem pró rosto da morte olhar, por mais um ano a irá afastar!”. A encenação culmina no Fim da Escuridão e nas boas vindas à Estação Clara.

Numa tenda gigante haverá tasquinhas com “comes e bebes” e com animação musical permanente, assegurada pelos Gaiteiros de Vinhais, até à hora do concerto com “Las Çarandas” a que se seguirá a atuação do Dj Fernando Alvim.

A organização é da Câmara Municipal de Vinhais, com a colaboração do Agrupamento de Escolas, responsável pela construção da Morte Gigante e participação na encenação ao lado do Grupo WEE – World Entertainment Events e da Companhia Filandorra.

Tal como nas edições anteriores serão disponibilizados fatos tradicionais dos Diabos de Vinhais, para quem se atrever a “vestir a pele do Diabo”, podendo-se participar em toda esta grandiosa encenação de uma festa verdadeiramente genuína e única no mundo.

Certos do vosso interesse na promoção e desenvolvimento turístico da região transmontana e da importância que tem a comunicação social na divulgação da actividade cultural dos municípios, agradecemos desde já a vossa melhor atenção, divulgação e contamos com a vossa presença no evento.

in:diariodetrasosmontes.com

Sem comentários: