quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Miranda do Douro comemora o centenário de António Maria Mourinho

Comemora-se este ano o centenário de António Maria Mourinho, o maior embaixador da cultura mirandesa.
Com um vasto percurso e trabalho como difusor das terras e gentes de Miranda do Douro, iniciou a sua trajectória profissional em 1941 quando terminou o seminário em Bragança e trabalhou até ao final da sua vida em 1996.
Júlio Meirinhos, ex-autarca de Miranda e responsável pela candidatura do Mirandês a língua oficial, privou com António Maria Mourinho e fala um pouco sobre o homem e a obra. “É uma coluna verdadeira da afirmação e da divulgação da língua mirandesa. Quando nós fomos responsáveis pela câmara convidei-o a mostrar tudo o que ele tivesse em mirandês seria imediatamente publicado, e assim aconteceu”, conta. 
O ex-autarca salienta a luta de António Maria Mourinho para que o mirandês fosse reconhecido como segunda língua oficial de Portugal, o que, no entanto, aconteceu posteriormente à sua morte. Júlio Meirinhos afirma que “ é graças ao Padre Mourinho que nos cinco continentes a língua e cultura mirandeses se espalharam.”
Outro testemunho da vasta obra e riqueza cultural que deixou é o sobrinho António Rodrigues Mourinho.
O historiador e ex-director do Museu Terra de Miranda salienta o que considera ser o grande contributo de António Maria Mourinho para a criação e difusão da cultura Mirandesa. O sobrinho do Padre Mourinho vai mais longe quanto ao contributo do seu tio para a cultura mirandesa, “pode dizer-se que ele lançou os fundamentos da cultura mirandesa ou continuou aquele edifício que começou com o alicerce do professor Leite Vasconcelos. Quanto ao Mirandês, escreveu à maneira dele com uma sinalética própria para a pronúncia. A obra Nôssa Alma i Nôssa Tíêrra pode ser considerada a epopeia Mirandesa que ele escreveu em 1961.”
Para prestar homenagem a António Maria Mourinho, foi preparado um programa de comemorações do seu centenário, que se iniciou em Janeiro deste ano e se prolonga até Setembro. Durante este período são várias as iniciativas que promovem a valorização da cultura mirandesa e recordam o trabalho e a memória de António Maria Mourinho. 

Escrito por Brigantia

Sem comentários: