sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Novos equipamentos de recolha de resíduos e limpeza das ruas ao serviço dos municípios da Terra fria Transmontana

Os concelhos da Associação de Municípios da Terra Fria do Nordeste Transmontano, Bragança, Miranda do Douro, Mogadouro, Vimioso e Vinhais, têm agora disponíveis novos equipamentos de serviços de recolha de resíduos e limpeza. São três viaturas de recolha de resíduos, com uma maior capacidade de carga.
Vão poder transportar mais de 10 toneladas de lixo em vez de 7 que era actualmente o máximo da capacidade, o que permitirá optimizar as deslocações. Foi ainda adquirida uma varredora aspiradora, que é pioneira em Portugal.

Um investimento de 600 mil euros por parte da Ferrovial, a empresa que presta serviços à Resíduos do Nordeste para realizar estes serviços nos Municípios da  Terra Fria.

As novas viaturas têm a vantagem de serem mais amigas do ambiente. “Estas viaturas vêm substituir outras, enveredando por um conceito cada vez mais ecológico, cada vez mais amigas do ambiente, com menos emissões de CO2, que é uma politica que a Resíduos do nordeste tem vindo a definir. Estas viaturas circulam pelo nosso vasto território, percorrem milhares de quilómetros por ano, por isso, é muito importante que elas sejam ecológicas também no meio urbano, sendo menos ruidosas”, destacou o Director-Geral da Resíduos do Nordeste, Paulo Praça.

A aquisição de novos equipamentos faz parte do plano de investimento do contrato entre a Resíduos do Nordeste e a Ferrovial Serviços, “no âmbito do qual esta empresa já investiu cerca de 5 milhões de euros”, referiu Tiago Borges, administrador da Ferrovial Serviços. Foto:Resíduos do Nordeste.

Actualmente, o volume de negócios da Resíduos do Nordeste é de 7 milhões de euros. A recolha selectiva está a aumentar na região, mas a empresa quer que o crescimento acontece a um ritmo mais elevado e, com esse objectivo, vai reforçar a rede de ecopontos com mais 200, que se vêm juntar aos 600 já existentes. Na área de abrangência da Resíduos do Nordeste, os 12 concelhos do distrito de Bragança e Vila Nova de Foz Côa foram recolhidos no último ano 53 mil toneladas de resíduos, o que traduz um aumento em relação a anos anteriores. 

Escrito por Brigantia
Olga Telo Cordeiro

Sem comentários: