quarta-feira, 1 de março de 2017

Projecto da auto-estrada entre Quintanilha e Zamora desbloqueado

O ministério da economia espanhol desbloqueou os trâmites necessários para a construção da auto-estrada A11, entre Zamora e a fronteira com Portugal, junto a Quintanilha. Esta é a última fase do processo que levará à execução do projecto para a construção da auto-estrada, alternativa à estrada nacional 122. O governo espanhol anunciou dia 25 de Fevereiro que aprova “provisoriamente o documento técnico de “actualização do procedimento de avaliação ambiental da A-11, no troço Zamora – Fronteira portuguesa”, que inclui o estudo de impacto ambiental”, de forma a colocá-lo em consulta pública, por um período de 30 dias.
Trata-se de uma extensão de 71,4 quilómetros e o custo estimado da obra ascende a 328 milhões de euros.

O presidente do município de Bragança, Hernâni Dias, já se congratulou com esta notícia e considera que o projecto só peca por tardio.

“Está cada vez mais próximo esta concretização que há muito tempo é ansiada pelo lado português e espanhol”, sublinhou. No entanto, alerta que esta “não é uma obra para começar amanhã, terá agora que seguir toda a tramitação normal”, apesar disso mostra-se satisfeito por este “último passo” para a concretização de uma ligação que há tantos anos era pedida. “É o passo que faltava para que a obra possa avançar num período mais curto”, referiu o presidente do município de Bragança.

O autarca explicou ainda que depois de finalizado este processo, o governo espanhol tem dois anos para desenvolver o projecto e começar as obras.

O presidente do município considera que esta solução não é incompatível com a melhoria da rodovia Bragança – Puebla de Sanábria, uma ligação que também é defendida por Hernâni Dias.

“Temos vindo a lutar por esta ligação e esta notícia agora só nos pode dar ainda mais força para que avançando uma possa avançar também a outra. Sob o ponto de vista estratégico tão importante é uma como a outra. Ambas são importantes, uma para um lado, a outra para o outro”, sublinhou ainda.

O ministério da economia de Espanha anunciou a aprovação do procedimento de avaliação ambiental da auto-estrada “del Duero”.

O projecto para a construção da auto-estrada entre a capital zamorana e Quintanilha está agora em consulta pública durante um mês. 

Escrito por Brigantia
Olga Telo Cordeiro

Sem comentários: