quinta-feira, 16 de março de 2017

UNISA04 ao dispor do distrito há um ano

Já completou um ano a Unidade de Intervenção de Salvamento Aquático (UNISA04) do distrito de Bragança, que agrega cerca de 20 mergulhadores oriundos de várias corporações.
Uma valência personalizada, vocacionada para missões específicas, como explica Rómulo Pinto, 2º Comandante Distrital de Operações de Socorro de Bragança.

“A UNISA 04 assenta numa forma de organização conjuntural que quando em operação, respeita o Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro (SIOPS), e cumpre o Sistema de Gestão de Operações (SGO), subsidiário do mesmo.

Tem por missão o socorro a náufragos e buscas subaquáticas, nomeadamente o salvamento de pessoas ou de animais em perigo eminente de vida, em ambiente aquático, assim como busca e recuperação.”
A prioridade é a atuação no distrito, mas podem ser chamados noutro âmbitos.

“Fazem parte o corpo de bombeiros de Mirandela, Torre de Dona Chama, Bragança, Alfandega da Fé Macedo de Cavaleiros, Freixo de Espada à Cinta e Carrazeda de Ansiães.

Tem como prioridade atuar no distrito de Bragança, mas, mediante solicitação do Comando Nacional de Proteção Civil, pode intervir em qualquer ponto do território nacional ou no estrangeiro.”
A equipa da UNISA04 reúne uma vez por mês, para treinos.

Escrito por ONDA LIVRE

Sem comentários: