quarta-feira, 1 de março de 2017

Visitantes do Carnaval Mais Genuíno de Portugal excederam as melhores expectativas

Foram excedidas todas as expetativas da organização. Um número estimado de 20 mil visitantes passaram nos 4 dias do Entrudo Chocalheiro, divididos entre Macedo de Cavaleiros e Podence.
Em ano eleita para Património Imaterial de Portugal e prepara a candidatura à UNESCO, a Festa de Carnaval dos Caretos de Podence vê o interesse das pessoas a crescer cada vez mais. 

É por isso considerado “um ano record, que excedeu as expetativas”, considera o responsável da Associação dos Caretos de Podence, António Carneiro. Duarte Moreno, Presidente da Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros destaca os Caretos Podence como “um Património de Todos. São de Podence, de Macedo, de Trás-os-Montes e agora de Portugal, assim legalmente considerado. As pessoas gostam desta tradição, vêm ao concelho para ver estes rapazes de fatos coloridos e ruidosos chocalhos, adoram as suas tropelias, divertem-se neste carnaval autêntico e por isso elegem Macedo de Cavaleiros para estes dias.”

É todo o tecido comercial fica a ganhar. “As pessoas procuram o que seja distintivo, o que lhes proporciona novas aventuras e emoções diferentes. O Entrudo Chocalheiro congrega isso tudo, o desfile de sábado na cidade por ser no primeiro dia e o programa existente em Podence no domingo, segunda e terça são atrativos para as pessoas e é por isso que nos elegem. Assim, vêm, ficam por cá alojadas, fazem cá as suas alimentações e compram as suas recordações, todos ganham. Quem gosta de Carnaval, tem obrigatoriamente de vir ao concelho de Macedo de Cavaleiros”, considera Duarte Moreno.

Ao longo dos 4 dias do programa de carnaval, além do desfile noturno e das chocalhadas dos Caretos, os visitantes puderam integrar visitas guiadas ao território do concelho, que é o Geopark Terras de Cavaleiros, participar no passeio pedestre, de cavalos, raid fotográfico ou na matança tradicional do porto, assistir aos pregões casamenteiros, a concertos tradicionais, à queima do Entrudo, exposições ou deliciar-se com a gastronomia transmontana nas barraquinhas e tabernas de Podence ou no Festival Gastronómico do Grelo em 23 restaurantes de Macedo de Cavaleiros.

Findo o Entrudo Chocalheiro, a responsabilidade sobre a organização aumenta com a candidatura a Património Imaterial da UNESCO: “isso vai dar-nos mais força para continuarmos e a necessidade de continuarmos a salvaguardar a tradição e a genuinidade da festa”, defende António Carneiro.

Nota de Imprensa - CM Macedo de Cavaleiros

Sem comentários: