segunda-feira, 10 de abril de 2017

"Encontro com a pedra" de Amândio Gomes em exposição no Museu do Abade de Baçal

Encontro com a pedra, é o nome da exposição de escultura de Amândio Gomes, inaugurada ontem e que pode ser vista no museu do Abade de Baçal, em Bragança, até ao dia 31 de Maio.
Aos 81 anos, o ex-presidente da câmara municipal de Miranda do Douro, decidiu expor os seus trabalhos pela primeira vez num espaço público por incentivo dos netos. O escultor disse à Brigantia que este hobbie que começou na reforma, já era uma paixão que o acompanhava desde a juventude. “Estive um mês e pouco no curso de belas artes, mas depois tive de desistir mas já nessa altura a escultura era uma paixão”, contou.
Começou a criar artesanato em madeira, mas no ano de 1996 decidiu apostar na transformação da pedra em obras de arte, um desafio que considera maior, decidiu fazer uma experiência construindo uma pequena casa em pedra e a partir daí nunca mais parou.
Amândio Gomes explica que “esta é uma arte que exige muita paciência, um controlo e conhecimento das ferramentas de trabalho uma vez que a pedra é um material sensível, que com um corte mal feito, pode facilmente partir e destruir todo o trabalho já feito.”
Alguns curiosos, muitos familiares e amigos do artesão marcaram presença na inauguração da exposição “Encontro com a Pedra” no museu do Abade de Baçal, Amândio Gomes ficou comovido com a presença de tanta gente no primeiro dia que apresenta ao público os seus trabalhos.
No final de Maio, todas as esculturas regressam à casa do seu criador, para junto das outras que nunca foram levadas a exposição pública. O artesão garante que vai continuar a trabalhar a pedra enquanto a saúde assim lhe permitir. 

Escrito por Brigantia

Sem comentários: