domingo, 9 de abril de 2017

Está oficialmente apresentado o São Pedro 2017

Internet grátis no recinto, venda de bilhetes online e novos preços e um site. Algumas das novidades para este São Pedro 2017, apresentado oficialmente neste final de tarde, em Macedo de Cavaleiros.
Duarte Moreno, presidente do município e membro da Comissão de Festas e Feira de São Pedro, avançou as inovações pensadas para este ano.

“Novidades, há muitas. Desde logo o cartaz, que é para todos, desde os mais novos aos mais velhos.

Depois, um sítio de internet dedicado única e exclusivamente para as pessoas saberem quais as novidades que o cartaz, comprar online de bilhetes, com uma empresa dedicada ao ramo, e que fará a promoção a nível nacional.

Também o preço dos bilhetes, com 3 dias à escolha, durante a semana, meia semana ou dia a dia. E depois, as ‘noites loucas’ no centro da cidade, que vai proporcionar que as pessoas fiquem a divertir-se.”
O orçamento para este ano está fixado entre os 180 e os 200 mil euros. Duarte Moreno afirma que este valor é, até, inferior ao de 2016. E no futuro, o São Pedro quer-se auto-sustentável.

“Pretendemos que, num futuro, não este ano, o evento se pague a ele próprio.

Estamos sempre a falar de sustentabilidade, os eventos também que o ser. Não é possível fazer de outra forma, porque os orçamentos não chegam para que não tenham receitas. Quanto se faz um evento, pretende-se o retorno.”
Também o setor de feira empresarial se mantém, e com fulgor. Rui Fernandes, presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Macedo de Cavaleiros, afiança que 70% dos 300 lugares disponíveis ficaram preenchidos com as intenções, por parte dos expositores, de voltar ao certame.

“Existem dois ou três secções que têm alguma desistência, e que, por isso, ainda têm alguns lugares disponíveis.

Mas do ano passado ficaram 70% de intencionalidades para a feira. Estamos com poucos lugares disponíveis já. O cartaz vem ajudar, e por isso estou convencido de que vão chegar emails com substância para preencher o que falta.”
Um evento que quer congregar cada vez mais o trabalho associativo. Por exemplo, como novidade, a Confraria do Mel vai promover uma rota gastronómica com os restaurantes do concelho que quiserem aderir. Haverá ainda um dia dedicado à juventude, onde os jovens até 18 anos têm direito a entrar gratuitamente.

A Rádio Onda Livre estará novamente a cargo da animação dois dias do evento.

Confira o cartaz:


Sem comentários: