quarta-feira, 26 de abril de 2017

Feira das Cantarinhas e Feira do Artesanato de Bragança 2017

O Centro Histórico da Cidade de Bragança continua a ser, em 2017, o palco da Feira das Cantarinhas (1 a 3 de maio) e da XXXI Feira do Artesanato de Bragança (3 a 7 de maio).
Apresentada à comunicação social no dia 24 de abril, na sede da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Bragança (ACISB), a Feira das Cantarinhas, uma das mais tradicionais e antigas da região norte do País, atrai à cidade de Bragança centenas de expositores e produtores, oriundos de diversas zonas do País, e com grande diversidade de produtos de artesanato, artigos de decoração e produtos hortícolas, entre outros.

É também nesta feira que aparecem as primeiras cerejas, vendidas em pequenos ramos, e o renovo (hortaliças de várias qualidades prontas a serem plantadas).

Para os milhares de visitantes que vêm à cidade nestes dias, a animação está garantida: a par da variedade de produtos disponíveis, é possível assistir a espetáculos musicais e, para os mais pequenos, não vão faltar atividades lúdicas e recreativas.

A antecipar a abertura da feira realiza-se, no dia 30 de abril, a Corrida das Cantarinhas, evento organizado, pela primeira vez, em maio de 2016 e o primeiro projeto do Orçamento Participativo do Município de Bragança a ser implementado.

Associado ao programa da Feira das Cantarinhas, realiza-se no primeiro dia de maio, o Encontro Transfronteiriço de Jogos Tradicionais de Bragança, León e Zamora, que, este ano, tem lugar na aldeia de Parada, a cerca de 20 quilómetros da cidade de Bragança.

Também no dia 1 de maio, inicia-se o Campeonato de Chega de Touros de Bragança, no Recinto de Promoção e Valorização das Raças Autóctones. Trata-se de um evento que visa promover as raças autóctones e que move milhares de pessoas que acompanham as várias chegas de touros, que terão a grande final no dia 21 de agosto.

O comércio da cidade vai, uma vez mais, juntar-se à “festa”, através da iniciativa “O Comércio Sai à Rua”, dinamizando a cidade e interligando a Feira das Cantarinhas, a Feira de Artesanato e o Comércio Tradicional.

No dia 3 de maio, coincidindo com o último dia da Feira das Cantarinhas, começa a XXXI Feira do Artesanato de Bragança Feira de Artesanato, prolongando-se até dia 7 de maio, e que se realiza, este ano, na Praça Camões, de modo a poder acolher todos os expositores que demonstraram interesse em estar presentes no evento e que serão em maior número em 2017 (85 stands).

Será, também, na Praça Camões que vão ter lugar os concertos com grupos, como António Mão de Ferro & Rui Vilhena, Tona Tuna – Tuna Feminina Universitária de Bragança, Grupo Fados D’ Outrora, Grupo Telhavã Casa do Professor de Bragança, Mariana Azevedo em Duo – Música Covers, Dixiedentes, Domingos Moça Band e Pedra D’ Ara.

Tasquinhas das Cantarinhas

Trazendo uma nova dinâmica ao evento, a plataforma superior do Jardim António José de Almeida, nas arcadas por baixo da Rua da República, vai acolher, a partir do dia 1 de maio, seis tasquinhas.  

A história da Feira das Cantarinhas

De origem medieval, a Feira das Cantarinhas, constituía uma verdadeira celebração festiva. Na noite de véspera, preparavam-se os produtos para vender, os alimentos para os animais e enfeitavam-se as albardas com colchas tecidas no tear lá de casa.

No dia da feira, de manhã cedo, os caminhos enchiam-se com os habitantes das aldeias limítrofes apressados em chegar e em escolher um lugar bom, onde a exposição dos produtos facilitasse a venda. A agitação entre vendedores e compradores era grande e, no último dia da feira, antes de regressar a casa, era obrigatório comprar os presentes para os mais pequenos e a cântara de barro que no campo acompanhava os trabalhadores com a água fresca.

Atualmente, a feira continua a ser um momento festivo, onde se compram as cantarinhas para decorar as casas transmontanas e para oferecer a quem se quer bem. Participam na Feira das Cantarinhas mais de 500 expositores vindos de todas as regiões de todo o País.

A Feira das Cantarinhas e a XXXI Feira do Artesanato de Bragança são organizadas pelo Município de Bragança e pela Associação Comercial, Industrial e Serviços de Bragança.

site da CMB

Sem comentários: