segunda-feira, 3 de abril de 2017

Padre Pedro de Melo Mesquita ou Pedro de Mesquita Carneiro

Natural de Moncorvo e oriundo da melhor gente desta vila. Faleceu a 24 de Março de 1649, na serra da Arrábida, perto de Setúbal. Era sacerdote do hábito de S. Pedro. Foi secretário do bispo inquisidor-geral D. Pedro de Castilho, que o tinha em grande conta pelas suas virtudes e qualidades intelectuais, e depois da morte deste passou a exercer as mesmas funções na casa do duque de Aveiro, D. Pedro de Mesquita, com igual crédito. À morte deste, professou na serra da Arrábida a regra terceira da penitência nas mãos do padre Frei Francisco dos Reis, guardião, no dia de todos os Santos de 1639.
Neste novo estado tornou-se notável pela caridade, distribuindo largamente pelos pobres os bens que tinha ajuntado, até um pouco avaramente.
No capítulo da sua ordem, celebrado em S. José a 16 de Janeiro de 1636, havia-lhe sido concedido levantar uma casa na mencionada serra da Arrábida para mais recolhidamente se entregar à prática das virtudes em que muito se distinguiu, principalmente na oração, abstinência e pobreza de vestir.
Fundou à sua custa uma enfermaria no hospital da vila de Azeitão em 1645 para se curarem os desamparados daqueles contornos, a que dotou algumas rendas.
Está sepultado à entrada da porta do convento, havendo deixado fama de claras virtudes, que lhe mereceram o título de venerável.

Memórias Arqueológico-Históricas do Distrito de Bragança

Sem comentários: