quinta-feira, 27 de abril de 2017

Rede de Património Cultural Transmontano | Apresentada em Alfândega

Arranca em Alfândega da Fé o projeto que visa promover a valorização e divulgação do património cultural transmontano com a realização da primeira Sessão das Oficina de Conhecimento em Património Cultural.
Trata-se de um ciclo de ações que vão marcar o início de um projeto intermunicipal que resulta de uma parceria composta pelos Municípios de Alfândega da Fé, Carrazeda de Ansiães, Macedo de Cavaleiros, Mirandela e Vila Flor, Associação de Municípios da Terra Quente Transmontana, Direção Regional de Cultural do Norte e Museu do Abade de Baçal. O objetivo é fazer do património histórico-cultural fator de desenvolvimento do território, promovendo a sua preservação, valorização e divulgação.

As Oficinas de Conhecimento em Património Cultural são o primeiro ato visível deste projeto. Uma iniciativa assente na necessidade de formar públicos (desde técnicos, Instituições públicas e privadas, a público em geral) nas várias temáticas patrimoniais, contribuindo para a melhoria das políticas patrimoniais relacionadas com a proteção, inventário, classificação, conservação, intervenção e promoção.

O primeiro ciclo de Oficinas incidirá na "programação e gestão museológica” e será composto por 6 sessões. A primeira é já no dia 27 de abril na Biblioteca Municipal de Alfândega da Fé. Dedicada ao tema: “Gestão Museológica e Requisitos de Qualidade Técnica de Museus”, esta sessão vai ser ministradas por Teresa Mourão, diretora do Departamento de Museus, Conservação e Credenciação da DGPC. A entrada é gratuita a todos que queiram participar, mediante inscrição prévia, através do correio eletrónico geral.amtqt@amtqt.pt ou pelo telefone 278201430.

site da CM Alfândega da Fé

Sem comentários: