quarta-feira, 12 de abril de 2017

Redução da dívida da câmara é prioridade de Maria do Céu Quintas

Maria do Céu Quintas foi eleita em 2013 pelo PSD como presidente da câmara Municipal de Freixo de Espada à Cinta e recandidata-se para um segundo mandato. A autarca afirma que a sua governação autárquica foi muito marcada pela redução da dívida. O deficit de 18 milhões e 600 mil euros foi diminuído para cerca de 13 milhões e meio milhões de euros nos últimos anos.
A autarca está satisfeita com o valor alcançado mas considera que ainda há um caminho árduo pela frente para equilibrar as contas do município.

“Nós temos de reduzir a dívida obrigatoriamente e de olhar sempre com muita atenção para a parte financeira, temos um Programa de Apoio à Economia Local  (PAEL), em reequilíbrio, que tem muitas imposições. Foi assinado e agora é para cumprir, não podemos fazer o que queremos. A redução foi de 5 milhões, estou satisfeita só posso estar, mas ainda temos de chegar aos 8,6 milhões, que é endividamento permitido a Freixo. Para a câmara ficar numa situação financeiro mais ou menos equilibrada o limite da dívida tem que ser cumprido, o que não é fácil”, referiu.

A autarca explica que os projectos a desenvolver no concelho terão de ser assentes em fundos comunitários.

“Já temos uma candidatura aprovada, a do castelo para a qual já foi lançado o concurso, a seguir terá de ir ao tribunal de contas. Tem de ser concretizar as candidaturas feitas, o castelo, há uma candidatura feita também para ser composta a capela da Santa Casa da Misericórdia que fica defronte à igreja matriz e espero que seja aprovado e há uma candidatura para a seda, para podermos desenvolver a seda, dá-la a conhecer e com isso chamar gente a Freixo, temos também um projecto feito para a Congida, para o edifício e um possível parque de campismo, aquela também é uma zona a explorar e frequentada por muita gente, mas para isso é preciso ter dinheiro, mesmo fazendo a candidaturas há uma parte que nos falta sempre: a componente nacional, a câmara não tendo dinheiro não é muito fácil, mas havemos de chegar lá. Temos outras candidaturas, o PARU e o PAMUS que já foram aprovadas e têm a ver com o centro histórico, para aproveitarmos aquele edifício onde está a GNR, que será transformado num ninho de empresas ”, salientou.

A cumprir o primeiro mandato, a autarca do PSD Maria Do Céu Quintas recandidata-se à câmara de Freixo de Espada à Cinta nas eleições de 1 de Outubro.

Estes são alguns dos assuntos abordados por Maria do Céu Quintas, numa entrevista à Rádio Brigantia e Jornal Nordeste, que pode ouvir na íntegra hoje depois do noticiário das 17h e ler na edição desta semana do Jornal Nordeste.

Esta é a primeira de um ciclo de entrevistas aos candidatos do distrito às autárquicas de 1 de Outubro. 

Escrito por Brigantia

Sem comentários: