sábado, 22 de abril de 2017

Revolução de Abril comemorada na região

Aproxima-se uma data que assinala o acontecimento histórico de maior relevância da nossa História recente. A Revolução dos cravos, ocorrida em 25 de abril de 1974, faz este ano 43 anos e muitas são as iniciativas promovidas por alguns municípios da região para assinalarem a data.
A Câmara Municipal de Torre de Moncorvo celebra o Dia da Liberdade, no próximo dia 25 de Abril na Biblioteca Municipal de Torre de Moncorvo. Do programa faz parte a apresentação do livro “Guiné Crónicas de Guerra e Amor” de Paulo Salgado, que aborda as experiências vividas pelo autor no período da guerra colonial e durante a sua permanência, como cooperante, na Guiné-Bissau.

“Paulo Cordeiro Salgado nasceu em Torre de Moncorvo em 1946. Aqui completou o ensino liceal até ao 5.º ano no Colégio Campos Monteiro de que seu Pai foi fundador em 1936 e seu diretor de 1936-1972. Foi alferes miliciano na Guiné em 1970-1972. É licenciado em Direito e Mestre em Administração de Unidades de Saúde. Trabalhou em diversos hospitais portugueses como administrador hospitalar. Foi cooperante em projetos promovidos pelo Banco Africano de Desenvolvimento e Banco Mundial na Guiné- Bissau de 1990- 1992 e de 1997-2006 no Ministério da Saúde, e em Angola durante cerca de sete anos em Instituições de Saúde.”

Ainda em Torre de Moncorvo será inaugurada, no átrio da Biblioteca Municipal, a exposição documental “De Moncorvo a Coimbra, de Lisboa a Paris e Londres: Percursos e Memórias do Visconde Vila Maior” da responsabilidade da Sociedade Broteriana – Universidade de Coimbra que com o apoio financeiro da Fundação Calouste Gulbenkian procedeu ao tratamento do arquivo pessoal e familiar de Júlio Máximo de Oliveira Pimentel, 2º Visconde de Vila Maior (1809-1884), insigne personalidade do Liberalismo português e ilustre figura da história de Moncorvo. 

Macedo de Cavaleiros vai assinalar os 43 anos da revolução democrática na manhã de terça-feira. Na cerimónia oficial, com discursos do Presidente da Câmara Municipal e Assembleia Municipal, serão também assinados os Acordos de Execução com as 30 Juntas de Freguesia do concelho, num montante global de 200 Mil Euros. Em seguida, será feito um roteiro pelas localidades que foram sede de concelho e que hoje integram o de Macedo de Cavaleiros.

Alfândega da Fé traz à vila Celina da Piedade para fazer o "Concerto dos Cravos" e a inauguração de uma exposição intitulada " Uma Revolução Desenhada: O 25 de abril e a BD", havendo ainda um concerto da Tuna da Universidade Sénior de Alfândega da Fé 

Em Bragança haverá uma sessão evocativa na efeméride no Auditório Paulo Quintela e algumas inaugurações públicas.

in:noticiasdonordeste.pt

Sem comentários: