segunda-feira, 10 de abril de 2017

Seminário sobre Gestão Agro-florestal Sustentável debateu desafios do sector em Vimioso

A gestão agro-florestal sustentável é o tema de um seminário que começou hoje e se estende até amanhã em Vimioso.
A falta de apoios e de promoção de uma gestão integrada da produção florestal, agrícola e pecuária foi um dos aspectos destacados e que na opinião do coordenador do “Centro de Ecologia Aplicada prof. Baeta Neves” da Universidade de Lisboa, Francisco Rego, penaliza particularmente regiões como a transmontana.
O presidente do município de Vimioso, Jorge Fidalgo, considera também que os apoios comunitários não são ajustados às especificidades dos diferentes territórios.
No seminário organizado pela autarquia de Vimioso, associação portuguesa de tracção animal, associação Aldeia e Instituto Politécnico de Bragança, foram ainda discutidas as políticas agro-florestais e as estratégias de desenvolvimento.
Amanhã a discussão continua centrada na conservação de recursos genéticos autóctones, do papel de investigação científica no desenvolvimento sustentável dos territórios rurais e as novas abordagens à gestão agro-florestal sustentável. 

Escrito por Brigantia

Sem comentários: