sábado, 29 de abril de 2017

Vai ser implementado programa de estímulo e apoio ao empreendedorismo qualificado e criativo na região de Bragança

Mais de 500 mil euros, cofinanciados em 85 por cento, vão ser investidos na implementação do projeto “Eco-Empreende – Programa de estímulo e apoio ao empreendedorismo qualificado e criativo na região de Bragança”.
"Aprovado pela Comissão Diretiva do Norte 2020, o projeto Eco-Empreende será promovido pela Associação para o Desenvolvimento do Brigantia EcoPark com o objetivo de estabelecer e dinamizar uma estrutura de apoio ao empreendedorismo, qualificado e criativo. Para tal, é importante o aproveitamento e a especialização das infraestruturas e serviços de apoio ao empreendedorismo já existentes no território, como o Brigantia-EcoPark, e respetivas valências, bem como a dinamização de iniciativas de deteção e estímulo de empreendedores e de captação e/ou geração de capital humano qualificado, fortemente vocacionado para encetar atividades empreendedoras", refere um comunicado de imprensa do município de Bragança.

A autarquia assume como uma prioridade da sua política local "a criação de novos negócios, e fomentar comportamentos favoráveis ao empreendedorismo junto dos mais jovens, envolvendo, para tal, as escolas, aumentar o potencial empreendedor da região, captar e fixar o capital humanem jovem e qualificado na região e dar maior visibilidade ao ecossistema de empreendedorismo de Bragança, entre muitas outras ações". 

Segundo o mesmo comunicado "Bragança conta, já, com um conjunto de fatores, como a taxa de escolarização ser superior à média da região Norte e do País, a existência de uma balança de comércio internacional positiva (em 2013, segundo o INE, um saldo positivo superior a 60 milhões de euros), a descida do desemprego e a presença de empresas dinâmicas e voltadas para a internacionalização". 

Bragança dispõe, ainda, de diversas infraestruturas e serviços de apoio ao empreendedorismo, como a ampliação da Zona industrial das Cantarias, a ação da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Bragança (ACISB), do Núcleo Empresarial de Bragança (NERBA) e do Brigantia EcoPark - Parque de Ciência e Tecnologia (com competências para a incubação de novos projetos e negócios).

in:noticiasdonordeste.pt

Sem comentários: