terça-feira, 23 de maio de 2017

Esclarecimentos sobre a origem da cratera no IPB chegam por parte do instituto

Depois de muito se ter especulado, nos últimos dias, sobre as razões que levaram à abertura de uma cratera com 20 metros quadrados e três de profundidade, no sábado, em frente a uma das principais entradas da escola superior de educação de Bragança.
A Brigantia conseguiu chegar à fala com fonte oficial do IPB. Orlando Rodrigues, vice-presidente do politécnico, explica que ali “existia um tanque subterrâneo, que é anterior à aquisição da quinta pelo instituto, os responsáveis pelo IPB não tinham conhecimento daquela estrutura, porque quando adquiriram a quinta aquilo já lá estava. A laje que cobria a estrutura ruiu e abriu a cratera de grandes dimensões.”
Orlando Rodrigues sublinha ainda “que não existe absolutamente nenhum risco de acontecer outra situação similar em outro local da escola, uma vez que não se trata de nenhum acidente geológico e sim de uma estrutura desconhecida naquele local que acabou por ruir.”       
Para já, foi iniciada a remoção dos escombros e começou e estão a ser procuradas soluções técnicas, para construir uma estrutura permeável que permita a drenagem das águas e estabilização do terreno. 

Escrito por Brigantia
Débora Lopes

Sem comentários: