segunda-feira, 15 de maio de 2017

Município de Bragança está a apoiar o combate ao Cancro do Castanheiro

O Município de Bragança vai apoiar com cerca de 18 mil euros o Instituto Politécnico de Bragança (IPB) no sentido de realizar um estudo de caraterização da população do agente patogénico do cancro do castanheiro no Concelho de Bragança e a determinação da composição mais adequada do bioproduto a aplicar no combate à doença em cada local.
"Consciente da importância que a exportação da castanha representa para a região, sobretudo para a economia familiar, sendo a responsável pelo maior volume de exportações do nordeste transmontano, estando esse contributo avaliado em cerca de 100 milhões de euros, o Município de Bragança visa, assim, combater o cancro do castanheiro, por considerar que se trata de uma ameaça à produção da castanha, já que ainda não existem fungicidas com capacidade para controlar a doença e os meios de luta culturais baseados na remoção e queima dos tecidos doentes não têm travado o avanço e dispersão da doença", refere fonte da autarquia em nota de imprensa endereçada à comunicação social. 

Por tal razão foi aprovado na Reunião de Câmara do passado dia 8 de maio um protocolo de colaboração entre o Município de Bragança e o IPB, em que a instituição de ensino, através do seu Laboratório de Sanidade e Proteção Vegetal, deverá desenvolver, em cada uma das dez unidades de amostragem, um conjunto de ações, como colheita e recolha de 30 amostras de tecidos doentes, georreferenciação do local amostrado (castanheiros doentes), caraterização da população do agente patogénico, realização de ações de divulgação/formação sobre a aplicação e modo de ação do bioproduto, que deverão ser realizadas até ao final do mês de outubro de 2017.

in:noticiasdonordeste.pt

Sem comentários: