sexta-feira, 12 de maio de 2017

PSP percorre distrito para aproximar licenciamento de armas

A Polícia de Segurança Pública de Bragança iniciou ontem uma campanha de licenciamento de armas e explosivos em todo o distrito. Uma unidade móvel de atendimento vai percorrer até ao dia 14 de Junho os 10 concelhos do distrito onde a PSP não está representada: ou seja todos à excepção de Bragança e Mirandela.
Aproximar o serviço de licenciamento e que ao mesmo tempo permitir a entrega de armas é o objectivo da iniciativa inédita no distrito, como refere o comandante distrital da PSP de Bragança, Amândio Correia.

“A PSP é a responsável a nível nacional pelo licenciamento e fiscalização das armas civis. Como só está representada em Bragança e Mirandela quem não reside nestes concelhos tem de se deslocar. Desta vez foi-nos disponibilizada uma unidade móvel de atendimento e décimos deslocar-nos nós a cada sede de concelho”, salientou.

A iniciativa começou ontem em Freixo de Espada à Cinta, onde os elementos da PSP estarão até amanhã e decorre ao longo do próximo mês.

“Até 14 de Junho vamos estar presente em todos os concelhos durante dois dias, aproveitamos, quando possível, os dias de feira dessas sedes de concelho para atendermos os cidadãos, podem pedir informações, perceber como as coisas funcionam melhor, candidatar-se à formação quem quer passar a ser proprietário de uma rama e pode formalizar logo a candidatura, renovar o licenciamento ou licenciar outras armas”, explicou.

A PSP esclarece ainda que o proprietário deve apresentar o registo criminal, um atestado médico e o seguro da respectiva arma para o licenciamento.

Um serviço que está disponível até 14 de Junho em vários concelhos do distrito de Bragança através de um unidade móvel da PSP, que até manhã está em Freixo de Espada à Cinta, na próxima semana passa em Mogadouro a segunda e terça e em Carrazeda de Ansiães quinta e sexta-feira. 

Escrito por Brigantia
Olga Telo Cordeiro

Sem comentários: