quinta-feira, 27 de julho de 2017

José Joaquim de Morais Sarmento

Nasceu em Bragança a 31 de Janeiro de 1804, se bem que a sua família residia em Barreiros, concelho de Valpaços. Feitos os preparatórios em Coimbra e o primeiro ano do curso de matemática, foi para Paris onde seguiu o de medicina, em que se doutorou.
Foi preparador dos cursos de medicina e de química do professor Duvergie, e tendo frequentado o laboratório da casa da moeda, ficou habilitado para as funções de contrastador.
Em 1827 foi nomeado professor da Sociedade das Boas Letras de Paris, de que era presidente Chateaubriand e à qual pertenciam Lamartine, Vítor Hugo e outros; foi intérprete de línguas junto do ministério dos Negócios Estrangeiros e colaborou em 1824 nos Novos Anais das Ciências e Artes e no Arquivo dos Conhecimentos Úteis, ambas publicações francesas.
Ameaçado de grave moléstia pulmonar, deixou Paris e foi para o Recife, na província de Pernambuco, naturalizando-se cidadão brasileiro. Recusou os cargos de professor do liceu de Pernambuco e do Ginásio do Recife, organizou a Sociedade de Medicina Pernambucana e colaborou nos Anais dessa Sociedade, no Diário de Pernambuco e no Progressista. Foi chamado para prestar serviço em todas as epidemias de cólera e febre amarela e exerceu a clínica sem aceitar retribuição.
Foi médico do Hospital Português e director do Gabinete Português de Leitura de Pernambuco, que auxiliou pecuniária e inteligentemente, concorrendo muito para o seu desenvolvimento.
Em 1838 foi eleito membro correspondente da Sociedade de Ciências Médicas de Lisboa; pertenceu também à Sociedade Lineana de Bordéus e a outras corporações, e era cavaleiro da Legião da Honra, comendador da ordem de Cristo e oficial da da Rosa, do Brasil.

Escreveu:
Memória comparativa dos trabalhos de medicina legal de Orfila e Duvergie. Nos Arquivos dos Conhecimentos Úteis.
Notícia necrológica do Sr. Joaquim Jerónimo Serpa. No Arquivo Médico Brasileiro, IV, de 1848, pág. 92. Saíra antes nos Anais da Medicina Pernambucana, 1844.
Observações meteorológicas feitas em Pernambuco em os anos de 1842 a 1844, com análises da quantidade de ácido carbónico contido no ar. V. Actas da sessão da Academia das Ciências de Paris (28 de Julho de 1851, tomo XXXII).
Notícia biográfica do dr. José Eustáquio Gomes. Recife, na tip. de M. F. de Faria, 1854. 4.º com retrato.
Discurso pronunciado na abertura das aulas do Ginásio Pernambucano. Pernambuco, na tip. de Santos & C.ª, 1856. 8.º de 37 págs.
Reforma eleitoral – Eleição directa. Colecção de... artigos... (de José Joaquim de Morais Sarmento e outros). Recife, na tip. Universal, 1862. 4.º 14-362 págs. e uma de índice.
Notícia biográfica do conselheiro Francisco Xavier Pais Barreto. Recife, na tip. do Jornal do Recife, 1865. 8.º gr. de 51 págs. com retrato.

Memórias Arqueológico-Históricas do Distrito de Bragança

Sem comentários: