quinta-feira, 13 de julho de 2017

Não há falta de água no concelho de Bragança mas algumas aldeias têm estado a ser abastecidas por autotanques

Apesar de não haver falta de água no concelho de Bragança, em algumas aldeias já há necessidade de fazer abastecimento às populações através de autotanques.
É o que acontece em Coelhoso, Outeiro e Samil de forma esporádica, devido a problemas pontuais e aumento da população, mas esta é uma situação bastante distante da verificada em outros anos na mesma altura, quando os autotanques dos bombeiros tinham de levar água a mais de uma dezena de aldeias do concelho. 
“Neste momento estamos esporadicamente a abastecer duas ou três aldeias não temos falta de água noutras alturas do ano mas no verão acontece esporadicamente mas nada de preocupante”, explicou o presidente do município de Bragança, Hernâni Dias.
As barragens do concelho não apresentam para já níveis baixos de água, no entanto, a de Serra Serrada começou a ser utilizada mais cedo devido à falta de precipitação.
Apesar de não haver e não se prever falta de água o autarca apela à poupança por parte dos munícipes. “A barragem de Serra Serrada não está na capacidade máxima e tem menos 250 mil metros cúbicos de água, o equivalente a 25 dias de abastecimento”, no entanto, depois da construção da barragem de Veiguinhas, que se encontra na capacidade máxima, não se esperam problemas de abastecimento à cidade. 

Escrito por Brigantia

Sem comentários: