terça-feira, 1 de agosto de 2017

Livro: «A Virgem Santa Maria na Fé da Igreja» do Cónego Silvério Pires

Estamos no ano do centenário das aparições ou visões da «Virgem Maria, Nossa Senhora», em Fátima e o ilustre mirandelense e Cónego Silvério Pires teve a feliz ideia de apresentar um volumoso e belo livro sobre a «Mãe de Jesus Cristo» ou de «Nossa Senhora». Mas quem é este autor mirandelense? O Cónego Silvério Pires nasceu em Miradezes e a vocação levou-o aos seminários diocesanos de S. José de Vinhais e de Bragança. Em 1965, com 24 anos, já era sacerdote. Licenciou-se em Direito Canónico pela Universidade Pontifícia de Salamanca e é uma referência canonista neste ramo do Direito. Foi Professor nos seminários da diocese (que corresponde a Professor Universitário).
O Revmo Cónego Silvério ocupou o segundo lugar na hierarquia da Diocese de Miranda e Bragança, como Vigário Episcopal, Capitular do Cabido e Presidente. Tem desempenhado as mais altas funções na diocese: Reitor do Seminário Maior, correspondente ao cargo de Presidente no Ensino Superior laico. Hoje está no topo das decisões de Direito Canónico da Diocese e do tribunal eclesiástico de Trás-os-Montes e Alto Douro e Beira Trasmontana, como Juiz Eclesiástico. Abordei desta forma o seu currículo porque o «Padre Silvério» (como é conhecido pela maioria dos mirandelenses), apesar de uma figura de porte altivo, é uma pessoa simples e humilde. Tem uma grande paixão pelo granito seja o perpianho ou peças trabalhadas.
O livro em capa cartonada de cor azul celeste, com uma belíssima imagem da «Imaculada Conceição, séc. XVIII», do Convento de Balsemão, é edição da Diocese de Miranda e Bragança. Esta obra mariana com quase 400 páginas é destinada à fundamentação de Santa Maria como pilar da Fé da Igreja Católica. No seu interior tem 14 belas fotos de raríssimas imagens, da nossa região, de Santa Maria, a saber: Sta. Ana e a Virgem Maria – Séc. XVI, na Senhora do Viso, em Vale Pereiro – Mascarenhas; Anunciação – Séc. XVIII – Igreja do Seminário de Vinhais; Nossa Senhora das Flores – Séc. XVIII – Igreja Matriz de Sezulfe – Macedo de Cavaleiros; Gruta de Nossa Senhora De Fátima – Miradezes (obra do Revmo Cónego Silvério) – Mirandela; Imaculada Conceição – Séc. XVIII – Igreja de Moredo – Salsas – Bragança; Nossa Senhora Dos Remédios – Séc. XVIII - Igreja de Vilarinho das Azenhas – Vila Flor; Nossa Senhora Do Rosário – Séc. XVIII – Igreja Matriz de Castrelos – Bragança; Nossa Senhora da Assumpção – Santuário Mariano do Cabeço de Vilas Boas – Vila Flor; Gravura do Missal Romano – Séc. XVIII, com a subida ao Céu de Nossa Senhora; Painel de Azulejos de N.ª Sra., Mãe da Igreja – Igreja Matriz de Miradezes (obra do Revmo Cónego Silvério); Nossa Senhora Do Rosário – Séc. XVIII – Igreja Matriz de Ala – Macedo de Cavaleiros; Campanário de Igreja – em que há ou havia o toque à oração do Anjo e das Avé-Marias ou Trindades; Imaculada Conceição – Séc. XVIII – Igreja Matriz de Frechas – Mirandela; Imaculada Conceição – Séc. XVIII – Igreja Matriz de Vila Flor.
O livro tem um registo biográfico de Maria com base nos Evangelhos, algumas bulas papais e todo o percurso de Ascensão na vida da Igreja Católica da Mãe de Jesus sendo o Concílio de Trento um dos principais marcos. Toda esta afirmação de Maria culmina com o dogma da Imaculada Conceição proclamado pelo Papa Pio IX em 1854. É um livro com uma grande estrutura e narrativa dividido por dez capítulos e de grande oportunidade histórica, espiritual e cultural. O livro pode ser solicitado ao Revmo Cónego Silvério Pires ou à Diocese de Bragança.
É minha convicção que este belo e volumoso livro «A Virgem Santa Maria na Fé da Igreja», para os que o desejam adquirir, que o façam quanto antes, porque se vai esgotar num ápice.
Parabéns ao Revmo Cónego Silvério por esta obra que nos enriquece e orgulha a todos os Católicos!

Por Jorge Lage
in:atelier.arteazul.net

Sem comentários: