terça-feira, 12 de setembro de 2017

Director do agrupamento de Moncorvo contradiz candidata do PS e garante que há cursos profissionais

O director do agrupamento de Escolas de Torre de Moncorvo não ficou contente com as declarações da candidata à câmara pelo PS acerca da oferta formativa disponibilizada. Milú Pontes disse, na entrevista Rádio Brigantia/ Jornal Nordeste, que um dos grandes problemas é a falta de cursos profissionais para fixar os jovens em Moncorvo.
Ora o responsável do agrupamento Luís Miranda Rei garante que a escola de Moncorvo sempre teve oferta de cursos profissionais desde há 10 anos e refere que a candidata induziu as pessoas em erro.

O director ressalva que “há 10 anos que a escola sempre teve cursos, dentro das possibilidades e da escolha do ministério e por isso apesar da falta de alunos no concelho, o agrupamento “continua a ter oferta no âmbito de cursos profissionais, não tem em todas as áreas, como é lógico, mas é uma oferta que existe, de facto”. Milú Pontes tinha dito que “os jovens estão cada vez a sair mais de Torre de Moncorvo para procurarem o estrangeiro. Não lhes foram dadas perspectivas de futuro (…) não houve cursos profissionais de forma a que o jovem em Moncorvo pudesse tirar aqueles cursos, muitos jovens não vão para o ensino superior, querem ter logo a sua profissão e portanto, dar a possibilidade de tirar um curso de electricidade, de mecânica na vila e depois ajudá-los a fazer as suas pequenas empresas por conta própria”.

Luís Miranda Rei diz que não é verdade o que diz Milú Pontes e sublinha que como candidata deveria estar mais bem preparada sobre os assuntos do concelho

“Nós para a formação em contexto de trabalho, ou estágio, os alunos têm de ter um seguro e a candidata é sócia ou dona de uma empresa de seguros e a referida empresa já por mais do que uma vez ganhou o concurso para fornecer o serviço de seguros, por isso a afirmação da candidata ou é um descuido ou é má-fé ou falta de preparação”, apontou.

O director do agrupamento de escolas Dr. Ramiro Salgado, a manifestar a sua indignação perante as declarações da candidata do PS à câmara de Moncorvo, relativamente à oferta formativa no âmbito dos cursos profissionais no concelho. 

Escrito por Brigantia

Sem comentários: