quinta-feira, 14 de junho de 2018

Benjamim Rodrigues nega atraso de cerca de 5 meses no pagamento a fornecedores

Benjamim Rodrigues garante que a autarquia de Macedo de Cavaleiros tem pago aos fornecedores num prazo médio entre 50 a 60 dias, e não em cerca 5 meses, como apontam os dados publicados pela DGAL (Direção Geral de Autarquias Locais) relativamente ao 1º trimestre de 2018.
O presidente da câmara justifica que os 151 dias de prazo médio de pagamento que constam dessa listagem, e que colocam Macedo de Cavaleiros como o 22º pior pagador do país, têm a ver com a renegociação do pagamento da dívida às águas, explica:

“Estes 151 dias referem-se ao adiamento que nós pedimos para o pagamento da dívida às águas. Isto tudo porque nós estamos a aguardar a saída de um diploma do Governo que nos vai permitir renegociar a dívida com um empréstimo para o pagamento faseado de longo termo, e o que vamos sugerir são 25 anos.

Isso vai dar-nos um grande fôlego financeiro e vai permitir fazer investimento.

A razão desta média apresentada pela DGAL é essa.”

A resposta de Benjamim Rodrigues aos dados publicados pela DGAL relativos aos três primeiros meses de 2018, que colocam Macedo de Cavaleiros entre as 51 autarquias que mais demoram a pagar a fornecedores.

De lembrar que a maior parcela da dívida do município de Macedo é para com a empresa Águas do Norte, com valores que em janeiro se estimavam rondar os 12 milhões de euros, mais juros.

Neste momento, a auditoria às contas da autarquia já está concluída e os resultados vão ser tornados públicos na próxima Assembleia Municipal.

Escrito por ONDA LIVRE

Sem comentários: