quarta-feira, 11 de julho de 2018

Aprovados projectos de 2,6 milhões de euros para modernizar estações de tratamento de águas residuais de Mogadouro

Mogadouro vai investir 2,6 milhões de euros para melhorar saneamento. O município viu aprovadas duas candidaturas para modernização das estações de tratamento de águas residuais de Mogadouro e Urrós, o maior investimento nesta área dos últimos 42 anos.
“Foram aprovados dois projectos para a unificação dos sistemas de tratamentos de águas residuais da freguesia de Urrós, que tem uma despesa elegível de 415 mil euros, e para a vila de Mogadouro, que tem uma despesa ilegível de 2,2 milhões de euros financiados a 85%, o que totaliza uma despesa elegível de 2,6 milhões de euros, sendo assim o maior financiamento conseguido pelo município de Mogadouro na área do ambiente nos últimos 42 anos”, destacou o vice-presidente do Município de Mogadouro, Evaristo Neves.

As intervenções de unificação das Etar’s deverão arrancar até Outubro, para resolver um problema com algum tempo, já que as infraestruturas estavam obsoletas.

“As ETAR´s de Mogadouro, atendendo à nova directiva comunitária publicada em 2010, estavam em desacordo com as normas e em 2012 o município de Mogadouro foi multado pelo Ministério do Ambiente com uma coima de 14 mil euros por estar em incumprimento em função dos novos parâmetros de medição a que a directiva comunitária obriga e era premente para o município arranjar uma solução técnica que desse resposta à lei”, referiu.

As duas Etars servem cerca de 4 mil habitantes da sede de concelho e da localidade de Urrós e vão permitir ao município poupança e uma melhor gestão ambiental:

As obras deverão demorar 2 anos no caso da estação de tratamento de Mogadouro e um ano no caso da de Urrós. 

Escrito por Brigantia
Olga Telo Cordeiro

Sem comentários: