quarta-feira, 11 de julho de 2018

“Douro em Movimento, Aldeias com Vida” apresenta resultados da atividade na região

O Projeto “Douro em Movimento – Aldeias com Vida” encerra formalmente as suas atividades com uma noite de festa e diversidade cultural no Teatro Ribeiro da Conceição, em Lamego. É já na próxima quinta-feira, 12 de Julho, a partir das 21 horas. Ao palco subirão nomes como Vitor Norte, Marcantónio Del – Carlo, Rita Blanco, Pedro Joia, entre outros.
Constituído por um conjunto de iniciativas para a cooperação entre regiões com Patrimónios da Humanidade classificados pela UNESCO, este projeto veio fomentar a preservação, a valorização e a promoção internacional da riqueza histórica, cultural, ambiental e socioeconómica do Douro, a partir das Aldeias Vinhateiras e do Alto Douro Vinhateiro. 

Ao longo de dois anos, promoveu o desenvolvimento da região, divulgou o que de melhor nela se produz, ajudou à qualificação da oferta turística e a criar melhores condições de fixação das pessoas.

Os seus promotores, as associações Douro Generation e Rede de Aldeias Vinhateiras, contaram com o apoio da Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD), dos Municípios de Carrazeda de Ansiães, Moimenta da Beira, Sabrosa, São João da Pesqueira, Tabuaço, Tarouca e Vila Real, assim como de instituições como o Regia Douro Park e as Fundações Casa de Mateus e Museu do Douro. 

Outras associações e organizações públicas e privadas, nacionais e dos países estrangeiros participantes, constituíram uma rede colaborativa para a implementação das atividades do projeto. Destaque para a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) e para a União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA). Foi assim possível estabelecer protocolos e criar laços de colaboração com Sítios classificados como Patrimónios da Humanidade, tanto na Europa como em países lusófonos, sendo eles: Las Médulas, em Espanha, Cinque Terre, em Itália, Tokaj, na Hungria, Cidade Velha, em Cabo Verde, Salvador da Bahia, no Brasil, Macau, na China e a Ilha de Moçambique. 

Apostou-se na promoção de produtos regionais, com a presença em feiras internacionais, realçando-se a L’ Artigiano in Fiera 2016, em Milão, a Feira Internacional de Macau 2017, e a Salon Internacional de L´a agriculture 2018 , e estabeleceram-se contactos com empresas e associações empresariais de vários países, que são mercados importantes para o vinho. 

O “Douro em Movimento-Aldeias com Vida” beneficiou do apoio da CCDR-N, através do Programa Norte SIAC Internacionalização para Territórios de Baixa Densidade, nº do projeto NORTE-02-0752-FEDER-000009.

As atividades de promoção internacional do Douro constituíram uma parte significativa deste projeto, mas outras se mostraram de grande valia para que os objetivos traçados pudessem ser alcançados. 

Foi assim com a elaboração do Estudo de Mercado e da Carta de Boas Práticas, que dedica especial atenção às Aldeias Vinhateiras, e com a dinamização socioeconómica e cultural, que levou a várias localidades da região expressões culturais diversificadas.

in:noticiasdonordeste.pt

Sem comentários: