sexta-feira, 6 de julho de 2018

EKUI da Associação Leque vence prémio Maria José Nogueira Pinto em Responsabilidade Social

O projecto EKUI da associação Leque, sediada em Alfandega da Fé, foi o grande vencedor do Prémio Maria José Nogueira Pinto em Responsabilidade Social, entregue ontem.
O projecto educativo consiste num baralho de cartas inovador que junta fonética, braille, língua gestual e o alfabeto tradicional.

Para Celmira Macedo, presidente da associação Leque, receber este prémio foi um orgulho. “Foi muito importante e simbólico. A Maria José Nogueira Pinto era uma filantropa da economia social, uma pessoa muito preocupada com as questões da responsabilidade social, foi para nós um orgulho perceber que de alguma forma as pessoas que perpetuam o seu testemunho de vida olham para nós com esse olhar e por outro lado, a Ekui está no caminho de referência nacional entre os melhores projectos de inovação e empreendedorismo social”, destacou.

Desde 2015, quando foi lançado o EKUI, esta metodologia de alfabetização única no mundo já fez um longo percurso. Já contribuiu para a alfabetização de duas mil crianças do pré-escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico e chegou a 30 mil crianças e adultos através de diferentes actividades, como formação de professores, terapeutas e educadores e rastreios nas escolas. “A metodologia começou em duas escolas, em 2015, e neste momento está em 133 escolas a nível nacional. Da avaliação feita temos percebido que tem impacto na aprendizagem nas crianças, quer no aumento das competências de literacia e comunicação, no desenvolvimento de atitudes inclusivas face aos outros, na identificação precoce de problemáticas quer da parte docentes quer da parte das crianças” entre outras situações, frisou Celmira Macedo.

O dinheiro do prémio, no valor de 10 mil euros, já tem destino, será usado para completar o desenvolvimento de uma aplicação para o telemóvel e de tutoriais digitais. 

Escrito por Brigantia
Olga Telo Cordeiro

Sem comentários: