domingo, 8 de julho de 2018

Mogadouro recorda Trindade Coelho no Festival Terra Transmontana

Mogadouro, no distrito de Bragança, vai recordar o legado do escritor local Trindade Coelho durante a edição de 2018 do Festival Terra Transmontana (FTT), que decorre na zona histórica daquela vila entre os dias 13 a 15.
"Faz 110 anos que Trindade Coelho morreu. Pegando nesta efeméride vamos recordar o legado do nosso escritor e prestar-lhe homenagem num festival que chega a todas a faixas etárias. Trindade Coelho deixou uma marca no seu tempo, que hoje ainda perdura", disse à agência Lusa o presidente da câmara de Mogadouro, Francisco Guimarães.

Escritor jurista e jornalista, José Francisco Trindade Coelho nasceu a 18 de junho de 1861, em Mogadouro, no distrito de Bragança e morreu a 09 de junho de 1908, em Lisboa. Estudou Direito na Universidade de Coimbra, tendo sido delegado do Procurador Régio em Sabugal e Portalegre.

Para além de alguns estudos jurídicos, escreveu um livro de contos intitulado "Os Meus Amores", editado em 1891, sendo este o grande sucesso do escritor transmontano.

Em 1902 parodiou "Os Lusíadas", de Luís de Camões, ao escrever "In Illo Tempore".

A sua preocupação com a alfabetização levou-o a editar em 1901 "O ABC do Povo" e em 1903 três livros de leitura para o ensino.

Em 1910 foi publicada a "Autobiografia e Cartas" e em 1961 "O Senhor Sete - Dispersos Folclóricos e de Doutrina Literária".

Os estudiosos destacam ainda a faceta de pedagogo, designadamente através da sua obra "Manual Político do Cidadão Português", que "é pouco conhecida, mas é fundamental, uma espécie de bíblia política de Portugal daquela época e que é também paradigmática da sua preocupação pela educação cívica para com os seus contemporâneos".

Segundo os promotores do FTT, serão estas facetas deste "ilustre" mogadourense", que estarão representadas nas mais variadas iniciativas programadas para o festival, num festival que pretende ter uma forte componente lúdica, cultural e musical.

"No decurso do FTT, pretende-se proporcionar o contacto com a natureza, as ritualidades, a música de raiz folk, a gastronomia, as artes e os ofícios e, este ano, o tema escolhido, levando-nos assim numa viagem por Mogadouro, Terras de Trindade Coelho", vincou o autarca de Mogadouro.

A música dos Omiri abre o festival no dia 13. Já no dia 14 sobem ao palco Los Niños de los Ojos Rojos.

O domingo fica reservado para os gaiteiros tradicionais e para o desfile etnográfico, com figurantes vestidos è época de Trindade Coelho.

Agência Lusa

Sem comentários: