quarta-feira, 11 de julho de 2018

Pelourinho de Bragança

Museu: Museu Abade de Baçal
N.º de Inventário: 198
Supercategoria: Arte
Categoria: Pintura
Denominação: Pelourinho de Bragança
Título: Pelourinho de Bragança
Autor: Sousa, Alberto, ( 1880 - 1961 )
Datação:1937 d.C.
Matéria: Papel e aguarela
Suporte: Papel
Técnica: Aguarela
Dimensões (cm): altura: 37 cm; largura: 26 cm 
Descrição: Aguarela representando o Pelourinho de Bragança, de base poligonal de quatro degraus de granito onde assenta uma figura zoomórfica, "a porca da vila", de cujo dorso se eleva uma coluna de fuste cilíndrico liso com pequeno anel circular de ferro, terminada por uma espécie de capitel de pedra de forma irregular discóide achatada com cachorros, cujos topos são decorados com carrancas. Ao centro, trabalhado na grossa textura de granito, ostenta um escudo dividido em pala, tendo à esquerda um castelo e na direita as quinas, sustentado por um sileno. Junto às escadas do Pelourinho vê-se um homem de idade (parecendo ser o Abade de Baçal) envergando casaco preto, volta, camisola, calças castanhas e sapatos pretos. Em segundo plano encontra-se parte da chamada Torre da Princesa, rodeada por muralhas e edifício com telhado avermelhado e chaminé e um torreão com ameias que faz parte das muralhas do Castelo. Atrás do Pelourinho uma casa branca (Oficinas do Quartel) com barra amarela e telhado de telha tradicional e pequena árvore.
Incorporação: Compra - Alberto Sousa
Origem / Historial: Segundo as Actas do Colóquio O Abade de Baçal é feita referência ao Conselho Nacional de Turismo (27/12/1934) que, em 1937, vai financiar as Aguarelas dos Pelourinhos de Alberto Sousa.

Direção Geral do Património Cultural

Sem comentários: