sábado, 12 de junho de 2010

Parabéns Padre Sobrinho.

Há homens que passam pela vida e deixam marcas. Uns deixam marcas porque gerem (mal ou bem) o dinheiro de todos, dos outros. Esses, deixam paralelos, alcatrão, tijolos, betão, pontes e estradas, elefantes brancos e...coisas, coisas que o tempo se encarrega de desgastar e de fazer esquecer. Outros, como o PADRE SOBRINHO ALVES, deixam ensinamentos, deixam comportamentos, deixam saudades, deixam memória e essas coisas perduram no tempo e passam de geração em geração...O Padre Sobrinho Alves é um grande homem! As gerações que tiveram o privilégio de com ele partilhar momentos sabem bem o que eu quero dizer. Do F.A.O.J. ao Coral Brigantino, ao Movimento Associativo, de tudo este homem fez. Com sapiência, paciência muita e acima de tudo empatia. É, sempre foi, um mestre em entender as diferenças. Teve sempre ao seu lado aqueles que entendia serem os melhores para a missão, independentemente de serem de esquerda, de direita, do centro.
Nos tempos conturbados, pós revolução, o Padre Sobrinho aglutinou sinergias de todas as áreas e fez por Bragança e pelas suas gentes aquilo que eu não vi ninguém fazer, depois dele.
Aprendam com quem sabe seus politiqueiros de meia tijela.
Parabéns pelas Bodas Sacerdotais Padre Sobrinho.
E...obrigado por me ter ajudado a mim e à minha geração a sermos homens melhores.
também sei, convictamente, que nunca o desiludimos, apesar dos nossos cabelos compridos, calças à boca de sino e de não irmos à missa aos Domingos!!! Mas a culpa também era sua...marcáva-nos sempre "trabalho" para os fins-de-semana. :-)

Grande abraço Dr. Sobrinho.

HM

Sem comentários: