quarta-feira, 12 de julho de 2017

Associação dos Doentes com Artrite Reumatóide promoveu sessão de esclarecimento sobre a doença em Bragança

A Associação Nacional dos Doentes com Artrite Reumatóide (ANDAR) organizou em parceria com a Junta de Freguesia da Sé, Santa Maria e Meixedo, em Bragança, uma sessão de esclarecimento e sensibilização sobre a doença da artrite reumatóide.
José Vaz Pires presidente desta união de Freguesias considera importante a organização de sessões para esclarecer a população mais velha que muitas vezes está desinformada e não previne a tempo uma doença que prejudica o quotidiano de quem por ela é afectado.

“Se estamos a falar em prevenção e tratamento de doença da artrite reumatóide que não tem locais de tratamento na região. Condiciona muito a vida das pessoas e se pudermos falar em prevenção e ajudar as pessoas é de todo importante principalmente na nossa freguesia em que já temos a população bastante envelhecida”, destacou o autarca.

Na iniciativa marcou presença Arsisete Saraiva presidente da Associação Nacional dos Doentes com Artrite Reumatóide, que explicou Bragança foi escolhida para esta sessão de sensibilização porque no interior do país não há a especialidade de reumatologia e esta é uma forma de as pessoas terem informação para terem a capacidade de fazer um auto-diagnóstico e procurar ajuda profissional.

“Uma pessoa que sinta dores nas articulações das mãos, dos cotovelos, joelhos, tornozelos ou outras, que essas articulações estejam dolorosas, rosadas e inchadas e que essa dor permaneça por mais de 6 semanas deve consultar um reumatologista”, explicou.

A artrite reumatóide é uma doença que vai gradualmente provocando dores intensas nas articulações, mas quando diagnosticada a tempo é possível reduzir o impacto na vida do doente através de tratamentos. 

Escrito por Brigantia

Sem comentários: